Error message

Lingotek profile ID 4 not found.
Minha Califórnia: Viagem com Amigas minhacali_temp3_fotob_2

Minha Califórnia: Viagem com Amigas

Minha Califórnia: Viagem com Amigas 59320293_2269472693277548_5554927778056425772_n
Minha Califórnia: 5º episódio!
Bruna Vieira, Nah Cardoso e Gigi Grigio visitam San Francisco, Monterey e Carmel em uma incrível viagem entre amigas!
Minha Califórnia: Viagem com Amigas 57506366_616041842196282_6995031406371473079_n
Minha Califórnia: Último Episódio!
A websérie #MinhaCalifórnia chega ao fim com uma viagem entre amigas pelo norte da Califórnia!

Viajar com amigas já é tudo de bom! E se torna ainda melhor quando essa viagem acontece na Califórnia. Desbrave a região norte do estado com Bruna Vieira, Nah Cardoso e Gigi Grigio em um roteiro que inclui San Francisco, com tour gastronômico, a clássica Golden Gate, karaokê e lojinhas legais de JapanTown, um trecho  especial da belíssima Highway 1, o Big Sur, o charme da pequena Carmel e todos os encantos de Monterey, como o aquário e o píer da cidade!

Saiba mais e se programe para a sua girls trip:

 

Minha Califórnia: Viagem com Amigas 59320293_2269472693277548_5554927778056425772_n
Minha Califórnia: 5º episódio!
Bruna Vieira, Nah Cardoso e Gigi Grigio visitam San Francisco, Monterey e Carmel em uma incrível viagem entre amigas!
Minha Califórnia: Viagem com Amigas 57506366_616041842196282_6995031406371473079_n
Minha Califórnia: Último Episódio!
A websérie #MinhaCalifórnia chega ao fim com uma viagem entre amigas pelo norte da Califórnia!
 Tadich Grill, San Francisco
Thomas J. Story/ Sunset Publishing

Restaurantes em São Francisco

Minha Califórnia: Viagem com Amigas vca_maps_sfbayarea
Restaurantes em São Francisco
Prove os sabores do mundo com ingredientes super frescos

Em San Francisco, os menus orientados pelos ingredientes reinam. Com alguns dos melhores produtos do país em mãos, os chefs na Cidade da Baía criam magia comestível, muitas vezes mudando os menus a cada noite para refletir o que há de mais fresco e saboroso naquele dia. Muitos chefs trabalham em estreita colaboração com as fazendas locais e fornecedores de alimentos para obter exatamente os ingredientes que eles querem. Visitas matinais bem cedo a uma das feiras livres da cidade que duram o ano todo fazem parte da rotina desses magos da cozinha. Há muitos restaurantes finos para ocasiões especiais, vários deles com estrelas do Guia Michelin, como os elegantes e sofisticados restaurantes de três estrelas Quince, Benu, Atelier Crenn e Saison e o Coi, o Acquerello e o Lazy Bear, de duas estrelas.

Evidentemente, as estrelas do Guia Michelin não são um pré-requisito para uma experiência gastronômica inesquecível. Há muitas opções agitadas, cheias de gente e inovadoras nas ruas do bairro Mission District, particularmente na Valencia Street. No Fisherman’s Wharf, onde o marisco é rei, saborear uma tigela de cioppino (um cozido ítalo-americano de caranguejo sapateira-do-pacífico, ostras, camarão, escalopes, lula, mexilhões e peixe pescados no dia) é praticamente uma atividade obrigatória em San Francisco. O Scoma’s serve esse prato no Píer 47 há mais de cinquenta anos. O Tadich Grill, perto do Embarcadero, também está entre os restaurantes preferidos dos apreciadores de frutos do mar. Além disso, desde muito tempo, a região da Union Square é frequentada por quem procura restaurantes requintados (como o Campton Place e o Morton’s Steakhouse), mas também tem várias opções de custo mais baixo.

Também é fácil encontrar opções de custo baixo, como os vários restaurantes asiáticos no bairro de Richmond. Na Clement Street você encontra uma culinária vietnamita excelente no Pho Hyunh Sang e birmanesa no Burma Superstar e no B Star Bar. No mesmo bairro, há o coreano Jijime e o Jiangnan Cuisine, com a culinária de Xangai. Visite o Mission para conhecer os locais que vendem burritos, famosos pela fartura e pelo preço baixo, ou procure os food trucks que servem praticamente qualquer tipo de comida imaginável nos eventos com patrocínio da Off the Grid. San Francisco também oferece muitos lugares excelentes para comer onde a paisagem é tão espetacular quanto a comida.

Se quiser ir a um lugar onde você certamente encontrará algo do seu gosto, ande devagar pelo Ferry Building Marketplace, onde estandes permanentes vendem iguarias locais como o sourdough crocante (Acme Bread) e queijo artesanal (Cowgirl Creamery). Já os restaurantes com mesas, como o famoso Slanted Door, oferecem ótimos pratos e paisagens à beira-mar.

Minha Califórnia: Viagem com Amigas SF_GGB_TS_1280x642_sized
Thomas H. Story/ Sunset Publishing

Ponte Golden Gate

Minha Califórnia: Viagem com Amigas vca_maps_sfbayarea
Ponte Golden Gate
Veja um dos monumentos mais famosos do mundo, que abrange uma elegante baía

Com torres que chegam a 227 metros de altura, seu vão que cobre o estuário da Baía de San Francisco, toda pintada de laranja brilhante, a ponte Golden Gate é simplesmente espetacular.

É bem fácil (e grátis) atravessar a ponte em si e explorar o Golden Gate Bridge Welcome Center, que apresenta de forma interessante a história da ponte e também a "torre de teste" original, com aproximadamente 4 metros de altura e feita de aço inoxidável, usada em 1933.

Para começar, você aprenderá por que uma ponte com o nome de “Golden Gate” (Portão Dourado) é, na verdade, laranja. Diz-se que a foz da Baía de San Francisco, o estreito vão que a ponte cruza foi nomeado Chrysopylae (palavra grega para "Portão Dourado") por um dos seus primeiros exploradores, John C. Fremont. (O Capitão Fremont pensou que se parecia com um estreito em Istambul chamado Chrysoceras, ou "Chifre Dourado"). Logo, faz sentido que a ponte tenha o nome da extensão de água que atravessa. E aquela cor carmesim? Isso sim é uma surpresa. Quando o aço para a ponte foi instalado pela primeira vez, ele só estava coberto com um fundo de vermelho. Um engenheiro consultor gostou da cor, sugeriu que fosse mantida e ajudou a desenvolver a cor da pintura final da ponte.

"A ponte Golden Gate Bridge é simplesmente espetacular".

Tecnicamente, essa cor é um "laranja internacional", mas seja o que for, ela prende a sua atenção, independentemente de você estar dirigindo, andando ou pedalando através da sua extensão de 2,7 km. Note que pode fazer um pouco de frio e ventar na ponte, especialmente quando os nevoeiros aparecem (muito comuns no verão), então vista-se com várias camadas e traga um chapéu ou coloque um capuz para manter a cabeça aquecida. Existem várias empresas de aluguel de bicicletas (duas das favoritas são a Blazing Saddles e a San Francisco Bicycle Rentals). A maioria das bicicletas vem equipada com mapas de rotas detalhados, mostrando onde pedalar a partir de San Francisco, atravessando a ponte, para cidades paradisíacas, como Sausalito e Tiburón, no vizinho Marin County. (Para diversão extra, pegue um ferry local para voltar para a cidade.)

Há uma simpática loja de presentes e um café no extremo sul (da cidade), e há caminhos que levam ao histórico Fort Point, concluído em 1861 para servir de posto avançado para proteger o portão antes da construção da ponte. Olhe para cima para ter uma vista deslumbrante do baixo-ventre da ponte, uma espetacular rede de vigas maciças, enormes colunas e cabos impressionantes.

Minha Califórnia: Viagem com Amigas vc_ca101_fiveamazingthings_monterey_montereybaqaquarium_aquarium1_videostill_1280x640

5 programas incríveis em Monterey

Minha Califórnia: Viagem com Amigas vca_maps_centralcoast
5 programas incríveis em Monterey
Você encontrará muitas aventuras nessa charmosa cidade da Costa Central, incluindo um aquário épico

Instalada na imensa curva da baía homônima, Monterey é uma comunidade em contato com o mundo natural e com tendências históricas. Em Cannery Row, há hotéis luxuosos de frente para o mar e você pode passar o dia no Monterey Bay Aquarium, que apresenta a impressionante vida marinha da baía. Bem perto da cidade, alguns dos melhores campos de golfe do mundo esperam por você em Pebble Beach.

Hospede-se na baía em um hotel chique de Cannery Row

Contemporâneo e clássico, o hotel InterContinental The Clement Monterey oferece um assento na primeira fila para apreciar a beleza da Monterey Bay. Saia na varanda e identifique rapidamente focas e lontras no mar, e até mesmo baleias que aparecem de vez em quando mais ao longe. À noite, nada supera um drink ao lado das lareiras no Pacific Courtyard do hotel. Ou aprecie as vistas da baía enquanto degusta as vieiras do dia no aclamado restaurante e bar C.

Jogue uma partida no reino do golfe da Califórnia

Considerando que esse campo lendário foi palco de cinco U.S. Open (o sexto será realizado em 2019) e que seu 18º buraco, um Par 5 ao longo de Carmel Bay, é frequentemente chamado de o buraco final mais dramático do golfe, não falta elogios para o Pebble Beach Golf Links. Quando a lenda Jack Nicklaus declara que “Se eu tivesse só mais uma partida, eu escolheria jogá-la em Pebble Beach,” então é certo que esse campo na península de Monterey é um daqueles que você precisa conhecer.

Descubra o fundo do mar noMonterey Bay Aquarium

O Monterey Bay Aquarium leva você ao inesquecível mundo subaquático longe do mar de Cannery Row — e sem molhar os pés. Você verá águas-vivas de cores brilhantes que parecem um tipo de vida alienígena conforme deslizam pela água. Fique frente a frente com adoráveis lontras marinhas e veja de relance tubarões-leopardos e cardumes de sardinhas nadando pela floresta de algas. Com vidros que medem 8,5 metros, é um dos aquários mais altos do mundo. 

Jante em um célebre restaurante de Monterey

Há mais de 20 anos, o Montrio Bistro serve sua culinária sazonal e sustentável em um antigo prédio do corpo de bombeiros, construído em 1910. O restaurante aproveita ao máximo os frutos do mar e a produção orgânica local do Monterey County, enquanto que seu interior — cujas as paredes de tijolo são decoradas com peças de arte — é o destino perfeito para sair à noite. Comece com um coquetel artesanal e passe para um menu que inclui favoritos como a costeleta desossadarefogada em Cabernet e um salmão-rei com risoto cítrico.

Explore a orla marítima de Cannery Row até o Old Fisherman’s Wharf

Cannery Row evoluiu muito desde quando o famoso romancista John Steinback a chamou de “um poema, um fedor, um barulho irritante.” Sua indústria de sardinhas acabou faz tempo e agora esse centro turístico é repleto de restaurantes, boutiques e espaços para degustação de vinhos do Monterey County. Passeie por Cannery Row e veja resquícios dos antigos prédios das fábricas de conservas enquanto caminha em direção ao Old Fisherman’s Wharf, o píer histórico que invade Monterey Bay. Observe baleias ou embarque em uma pescaria e não perca a sopa de mariscos servida em vários restaurantes de frutos do mar do cais.

Minha Califórnia: Viagem com Amigas VCW_D_MontCarmel_Aquarium_sized
Tai Power Seeff

Monterey Bay Aquarium

Minha Califórnia: Viagem com Amigas vca_maps_centralcoast
Monterey Bay Aquarium
Fique cara a cara com lontras e outros animais

A única maneira de se aproximar da movimentada vida marinha é colocar uma roupa de mergulho e mergulhar. Essa instalação única, com tanques de paredes altas de vidro, permitindo que você se sinta como se estivesse realmente debaixo do mar, define o padrão para aquários. É também uma das melhores reformas no planeta: no início do século 20, o edifício principal era uma movimentada fábrica de sardinhas em conserva. O processo todo está registrado em uma fascinante exposição perto da entrada — um excelente tour pelos bastidores explica melhor a história do aquário, bem como a dos seus incríveis ​​trabalhos internos.

História intrigante ou não, este é um lugar realmente impressionante. Tanques e exposições fascinantes apresentam mais de 35.000 tipos de animais e plantas, representando cerca de 550 espécies, entre elas um grande número de espécies nativas da Califórnia. Veja um polvo gigante do Pacífico desdobrar seus tentáculos, fique no centro de um cardume de sardinhas, observe tubarões-martelo que nadam a centímetros de distância do seu rosto e veja como os treinadores fazem as verificações diárias de saúde dos habitantes mais fofinhos do aquário, as lontras-marinhas da Califórnia. Uma série de atividades especiais, incluindo programas de mergulho júnior, festas do pijama e passeios românticos personalizados (nada como um pouco de luz submarina para fazer tudo parecer um sonho) também estão disponíveis. Dica: compre os tickets pela internet com antecedência para evitar longas filas.

Minha Califórnia: Viagem com Amigas vc_carmelbythesea_carmel_supplied_option1
Visit Carmel

Carmel-by-the-Sea

Minha Califórnia: Viagem com Amigas vca_maps_centralcoast
Carmel-by-the-Sea
Casas de campo encantadoras se misturam a um litoral deslumbrante neste retiro de paisagens artísticas e de luxo

Se fosse só a praia, já seria suficiente. Uma praia adorável, uma faixa de areia pálida que encontra o Pacífico azul turquesa, rodeada por ciprestes de Monterey com suas folhagens achatadas pelos ventos costeiros. Mas Carmel Beach não é a única estrela dessa pequena cidade. Pelo contrário, são muitos os encantos que fazem Carmel-by-the-sea ser um destino imperdível.

Oficialmente incorporada em 1916, Carmel há muito tempo exerce uma atração magnética sobre artistas e autores. Atualmente, Carmel abriga cerca de 100 galerias de arte e alguns dos mais novos residentes incluem os escritores Mary Austin, Sinclair Lewis e Jack London. O poeta Robinson Jeffers, que chegou aqui com sua esposa em 1914, chamou a cidade de “nosso lugar inevitável” e construiu sua casa de pedra Tor House com vista para o oceano, agora aberta nos fins de semana para tours.

A tradição de nomear casas perdura em Carmel, onde cabanas de jardim que parecem arrancadas de algum conto dos irmãos Grimm estão ao lado de propriedades mediterrâneas e fazendas modernas. O construtor Hugh Comstock deu início à estética dos contos de fadas na década de 1920, e 21 de seus originais permanecem, incluindo o Tuck Box, um café que é especializado em chá da tarde.

Para aqueles em busca preços mais justos, há o Cultura Comida y Bebida, onde pratos de Oaxaca, como porco defumado e chapulines (gafanhotos torrados temperados com limão e sal) ficam ainda melhores se combinados com um dos 39 mezcals. No La Bicyclette, a vibe é de bistro francês, enquanto ocasiões especiais merecem o Aubergine e seu menu de degustação no interior do resort L'Auberge Carmel.

Além dos restaurantes, Carmel é repleta de salas de degustação de vinhos e boutiques. Experimente um Pinot Noir da Região Vinícola da Costa Central ou procure por canetas elegantes na Bittner, uma loja dedicada a arte de escrever.

 

Mas é o ambiente bruto que melhor define esse trecho da Califórnia, e isso significa que é preciso se aventurar. Dirija pela 17-Mile Drive de carro ou bicicleta, parando para contemplar o Cipreste Solitário que se mantém preso a um pedaço de rocha por séculos. Jogue uma partida de golfe em Pebble Beach, o campo de golfe número 1 do país, agende uma aula de surfe, ou vá a Reserva Estadual de Point Lobos, onde mergulhadores e navegadores de caiaque dividem a água com focas e lontras. Quando o dia estiver no fim, relaxe na areia para admirar o pôr do sol sobre o Pacífico com sua companhia canina (Carmel Beach é pet-friendly!) e tente entender porque você não mora aqui ainda!

Oficialmente incorporada em 1916, Carmel há muito tempo exerce uma atração magnética sobre artistas e autores. Atualmente, Carmel abriga cerca de 100 galerias de arte e alguns dos mais novos residentes incluem os escritores Mary Austin, Sinclair Lewis e Jack London. O poeta Robinson Jeffers, que chegou aqui com sua esposa em 1914, chamou a cidade de “nosso lugar inevitável” e construiu sua casa de pedra Tor House com vista para o oceano, agora aberta nos fins de semana para tours.

A tradição de nomear casas perdura em Carmel, onde cabanas de jardim que parecem arrancadas de algum conto dos irmãos Grimm estão ao lado de propriedades mediterrâneas e fazendas modernas. O construtor Hugh Comstock deu início à estética dos contos de fadas na década de 1920, e 21 de seus originais permanecem, incluindo o Tuck Box, um café que é especializado em chá da tarde.

Para aqueles em busca preços mais justos, há o Cultura Comida y Bebida, onde pratos de Oaxaca, como porco defumado e chapulines (gafanhotos torrados temperados com limão e sal) ficam ainda melhores se combinados com um dos 39 mezcals. No La Bicyclette, a vibe é de bistro francês, enquanto ocasiões especiais merecem o Aubergine e seu menu de degustação no interior do resort L'Auberge Carmel.

Além dos restaurantes, Carmel é repleta de salas de degustação de vinhos e boutiques. Experimente um Pinot Noir da Região Vinícola da Costa Central ou procure por canetas elegantes na Bittner, uma loja dedicada a arte de escrever.

Mas é o ambiente bruto que melhor define esse trecho da Califórnia, e isso significa que é preciso se aventurar. Dirija pela 17-Mile Drive de carro ou bicicleta, parando para contemplar o Cipreste Solitário que se mantém preso a um pedaço de rocha por séculos. Jogue uma partida de golfe em Pebble Beach, o campo de golfe número 1 do país, agende uma aula de surfe, ou vá a Reserva Estadual de Point Lobos, onde mergulhadores e navegadores de caiaque dividem a água com focas e lontras. Quando o dia estiver no fim, relaxe na areia para admirar o pôr do sol sobre o Pacífico com sua companhia canina (Carmel Beach é pet-friendly!) e tente entender porque você não mora aqui ainda!

 

Minha Califórnia: Viagem com Amigas VCW_D_CC_T2__BigSur_VCLCC_BigSur_PfeifferBeach_.jpg_KG-dark-1280x642
Kodiak Greenwood

Destaque: Big Sur

Minha Califórnia: Viagem com Amigas vca_maps_centralcoast
Arte e natureza misturam-se nesta costa irregular: um dos cenários mais espetaculares da Califórnia

Bem-vindo a um dos trechos litorâneos mais inesquecíveis do mundo. Com sequoias e orla enfeitada por neblina,...