Destaque: Big Sur VCW_D_CC_T2__BigSur_VCLCC_BigSur_PfeifferBeach_.jpg_KG-dark-1280x642
Kodiak Greenwood

Região Central da Califórnia

Destaque: Big Sur

Destaque: Big Sur vca_maps_centralcoast
17
September
Average (°C)
Sept - Nov
24°
High
7°
Low
Sept - Nov
24°
High
7°
Low
Mar - May
21°
High
6°
Low
June - Aug
25°
High
8°
Low

Bem-vindo a um dos trechos litorâneos mais inesquecíveis do mundo. Com sequoias e orla enfeitada por neblina, esta extensão de aproximadamente 90 quilômetros entre Carmel-by-the-Sea e Castelo Hearst não possui limites específicos tampouco núcleo urbano, te levando (e também levou escritores como Henry Miller e Jack Kerouac, da Geração Beat) a um fascínio mágico. Este é, simplesmente, um lugar onde você quer estar — entre o céu e o mar.

A estrada clássica pelo Big Sur, ao longo da Highway 1, oferece diversas oportunidades para realizar paradas estratégicas em mirantes, como a Bixby Bridge, ponte que aparece em diversos comerciais de carros. Faça paradas ao longo da costa e olhe para cima para avistar condores-da-califórnia, os maiores pássaros da América do Norte, ou olhe para baixo e procure por baleias migratórias ou lontras boiando em densos leitos de kelps, algas marinhas clássicas da Califórnia. São inúmeras opções de locais para acampar, como Big Sur CampgroundFernwood ResortRiverside Campground, and Pfeiffer Big Sur State Park. A beleza da região também faz dela um ímã para hotéis exclusivos e fantásticos como o Post Ranch Inn, ou o luxuoso Ventana Inn and Spa.

Continue lendo para experimentar sua própria versão da magia do Big Sur.

Bixby Bridge
Chris Axe/Getty Images

Highway 1 Reaberta

Highway 1 Reaberta
Este é o melhor momento para visitar a icônica estrada costeira

A Highway 1 está oficialmente reaberta e os motoristas agora podem dirigir de Monterey, no norte, até San Luis Obispo, no sul, pela primeira vez em 18 meses.

“A indústria do turismo da Califórnia está muito feliz com a reabertura da Highway 1 meses antes do que estava previsto”, diz a Presidente&CEO do Visit California, Caroline Beteta. “A Highway 1 está melhor do que nunca e a Costa Central da Califórnia está ansiosa para receber os visitantes”, completa.

Um desmoronamento em maio de 2017 ocasionou o fechamento da estrada na região do Big Sur. O Departamento de Transportes da Califórnia projetou que os reparos estariam completos em setembro de 2018, mas, felizmente, as obras foram concluídas com meses de antecedência.

Para inspiração e mais informações sobre dirigir nesse trecho histórico, verifique o itinerário completo. Você também encontra informações do que fazer na região em nosso destaque sobre San Luis Obispo.

Destaque: Big Sur vc_ca101_fiveamazingthings_bigsur_postranchinn_videostill_1280x640

5 programas incríveis no Big Sur

Destaque: Big Sur vca_maps_centralcoast
5 programas incríveis no Big Sur
Descubra vistas panorâmicas do litoral, hotéis de luxo e a vibe eclética deste destino especial na Costa Central da Califórnia

Com penhascos de centenas de metros de altura sobre enseadas com rochas ,agitadas pela efervescência dos surfistas, não é de se surpreender que muitas pessoas considerem o Big Sur o trecho litorâneo mais impressionante do mundo. Mas, juntamentecom sua beleza natural escarpada, o Big Sur é uma região com uma longa tradição artística, além de restaurantes criativos e resorts exclusivos, que possibilitam uma imersão nesse mundo de neblina, florestas de sequoias e vistas incomparáveis do litoral.

Encontre o sofisticado junto com o rústico no Post Ranch Inn

Sobre as falésias, 365 metros acima do Pacífico, o Post Ranch Inn é ideal para escapar do mundo lá fora. Isole-se em quartos modernos, mas cheios de alma, em construções com arquiteturas distintas que combinam perfeitamente com o ambiente natural. Maravilhe-se com a vista enquanto relaxa na banheira de aço inoxidável na sua varanda, depois se aqueça junto da lareira a lenha. 

Dirija pela estrada costeira mais incrível do mundo

Beirando os penhascos e contornando gigantescas sequoias, a Highway 1, na Califórnia, é a principal atração do Big Sur. Não se apresse, tanto para dirigir com cuidado quanto para parar nos mirantes, de onde é possível ver a neblina pairando pelos cânions de sequoias. Também há bons restaurantes pelo caminho: Pare no Big Sur River Inn para tclássicos do café da manhã, como rabanadas de bolo de cenoura, ou na Big Sur Bakery, com uma seleção de pizzas gourmet assadas em forno a lenha.

Curta a boa vibe do Nepenthe

Para os amantes do Big Sur, a visita não estará completa sem uma parada para compras, comida e a belíssima atmosfera do Nepenthe. Os fundadores do Nepenthe, Lolly e Bill Fassett, contrataram Rowen Maiden, que estudou com Frank Lloyd Wright, para construir a estrutura marcante, feita com sequoia e tijolo cru, que vemos hoje. Acomode-se em um assento no balcão do deck e contemple uma das melhores vistas do Big Sur enquanto come o icônico ambrosia burger do Nepenthe. Depois, faça compras na The Phoenix Shop, onde você encontra roupas diferentes e joias lindas feitas pelos melhores designers.

Desça até uma enseada isolada

Enquanto começa seu percurso pela trilha até a Partington Cove, tenha em mente que tudo o que desce depois precisa subir. Com cerca de 3,2 quilômetros de ida e volta, a trilha é curta, mas tem uma subida de quase 90 metros para se voltar ao começo dela na Highway 1. O caminho termina em um declive antes de entrar em um longo túnel cavado por John Partington, pioneiro do Big Sur. Passe pelo túnel para chegar à enseada com rochas, que era usada para transportar toras (e depois para contrabandear bebidas e driblar a Lei Seca).

Jante à beira do continente

Mesmo que você não se hospede no Post Ranch Inn, pode conhecer seu restaurante, o Sierra Mar, que oferece um gostinho desse ambiente incrível. É preciso fazer reserva para saborear as seleções inventivas, com menu a preço fixo, para almoço e jantar — entre os pedidos favoritos está a costela de Wagyu, com grits de milho moído a pedra (espécie de papas de milho) — enquanto olha para o mar pelas janelas, que vão do chão ao teto. Em alguns dias, você ficará literalmente nas nuvens quando a neblina aparecer.

Não perca também...

A beleza e o isolamento do Big Sur atraem vários tipos de escritores, artistas e músicos há anos. Ao longo de toda a a Highway 1, você encontrará galerias com obras de importantes pintores e artesãos regionais e internacionais. Biblioteca batizada em homenagem ao lendário escritor que se estabeleceu no Big Sur, a Henry Miller Memorial Library realiza concertos variados em um palco ao ar livre, em uma clareira rodeada por sequoias. Nas tardes de domingo há shows de jazz, folk e zydeco no Big Sur River Inn.  

Bem no alto da costa e no meio de uma floresta de sequoias, o Ventana Big Sur o conecta com o melhor dessa região sem igual. Aproveite o banho em estilo japonês e jante no The Sur House, especializado na cozinha litorânea preparada com ingredientes locais e abastecido com uma seleção cuidadosa de 10.000 vinhos da Costa Central. Para um detox completo, siga para o Esalen Institute, onde você pode entrar nas fontes termais, relaxar com uma massagem e fazer até 600 cursos, que vão de danças brasileiras a ioga e a autoconhecimento, tudo em um cenário de 11 hectares de costa californiana.

Destaque: Big Sur vc_ca101_videothumbnail_fiveamazingthings_bigsur_1280x7202_0
Big Sur: 5 Amazing Things
With cliffs plunging hundreds of feet down to rocky coves churning with foamy surf, Big Sur is one of the most dramatic stretches of coastline anywhere in the world.
Post Ranch Inn
Kodiak Greenwood

Post Ranch Inn

Destaque: Big Sur vca_maps_centralcoast
Post Ranch Inn
Encontro do luxo com a natureza neste refúgio do Big Sur

Post Ranch Inn é um dos lugares mais luxuosos da área do Big Sur, com uma arquitetura que se integra perfeitamente à encosta, é uma maneira sublime de vivenciar esse trecho da Costa Central.

Assim que você chega já é possível entender por que o Post Ranch Inn figura constantemente em listas de melhores do mundo, desde os mais românticos até os banheiros de hotel mais legais do mundo. Inaugurado em 1992, em uma antiga fazenda de gado, possui 40 acomodações, incluindo suítes com vista para o oceano, casas de árvores sobre palafitas e a independente casa do penhasco — com um deck que parece estar suspenso a 360 metros de altura do Pacífico. Todas as acomodações são elegantes e charmosas (construídas de forma sustentável): na decoração, há detalhes como uma sequoia vermelha recuperada, paredes de vidro, lareiras e banheiras de aço inoxidável. A ausência de televisão ou de despertadores acrescentam calma e descontração ao ambiente zen, que aceita somente hóspedes maiores de 18 anos.

As tarifas desta experiência incluem vantagens: buffet de café da manhã, aulas diárias de ioga, caminhadas guiadas e passeios para observação de estrelas. Mantenha os olhos abertos ao percorrer as trilhas do resort: criaturas únicas como a ameaçada borboleta azul, o sapo com pernas vermelhas e os condores da Califórnia vivem por aqui.

O hotel também é conhecido por seu restaurante premiado, o Sierra Mar, que oferece delícias locais: ostras de Morro Bay e Monterey Red Abalone. Enquanto estiver aqui, aproveite o spa e reserve o Big Sur Jade Stone Therapy, tratamento que utiliza pedaços aquecidos de jade, coletada nas praias próximas, bem como pedras de basalto do rio e mármore resfriado.

Destaque: Big Sur PostRanch_pool_sm_Kodiak_1280x642
Kodiak Greenwood

Hospedagens de Luxo em Big Sur

Destaque: Big Sur vca_maps_centralcoast
Hospedagens de Luxo em Big Sur
Passe a noite em ambientes fascinantes com amplas e encantadoras paisagens.

Mesmo que Big Sur tenha tudo a ver com natureza, não significa que você precise ter experiências difíceis durante sua visita. Na verdade, a região ostenta algumas das opções de hospedagem mais renomadas do estado, com quartos extremamente luxuosos, excelentes instalações, spas e inesquecíveis experiências gastronômicas. No Post Ranch Inn, suítes e casas privativas são milagrosamente esculpidas em penhascos, e enormes janelas panorâmicas oferecem um visual infinito do mar e do céu (é possível até avistar baleias mesmo estando deitado na cama de seu quarto). Há um carro de luxo à disposição dos hóspedes que precisam circular pela região e um barco que leva você pelo litoral de Big Sur.

"No Post Ranch Inn, suítes e casas privativas são milagrosamente esculpidas em penhascos"

Do lado oposto (interior) da Highway 1, há o Ventana Big Sur, paraíso com sombras de sequoias nos ofurôs ao ar livre e grandes terraços que oferecem às suítes um aspecto leve e natural. Reserve um quarto com lareira para ter mais conforto e aconchego nas noites de neblina. A mais recente adição do resort é o Redwood Canyon Glampsites, onde você pode acampar com glamour em uma tenda mobiliada sob um bosque de sequóias. Os restaurantes também são excelentes, com foco em ingredientes sazonais fornecidos por agricultores locais. Aqui e em Post Ranch você pode jantar ou marcar um tratamento de spa ainda que não seja hóspede — ótima maneira de se deixar mimar sem extrapolar nos gastos. 

Destaque: Big Sur VCW_D_Bigsur_T2_CC_BigSurBeach_Miller-1280x642
Alexa Miller

Parque Estadual Julia Pfeiffer Burns

Destaque: Big Sur vca_maps_centralcoast
Parque Estadual Julia Pfeiffer Burns
Veja uma cachoeira que deságua na praia

Quer uma curta caminhada com uma recompensa enorme? A ida e volta de 1 km ao Parque Estadual Julia Pfeiffer Burns pode ser a melhor caminhada de pouco esforço e muito retorno do planeta. O passeio quase plano termina com um mirante à beira-mar, com vistas impecáveis ​​de McWay Falls, local favorito da pioneira Julia Pfeiffer Burns, que nomeia o parque, em Big Sur. E digamos que Julia tinha bom gosto. A água cai a cerca de 24 metros do topo de um penhasco de granito para uma enseada areia abaixo (nem mesmo as pegadas na areia estragam a perfeição, já que esta praia é fechada ao público).

Se você estiver disposto, faça também a Partington Cove Trail, trilha com 1,6 quilômetros, ida e volta. A caminhada íngreme, porém, curta, leva, sobre uma ponte de madeira, até um túnel de 18 metros. Atravesse-o e encontre uma praia rochosa. Algumas trilhas do parque estão fechadas devido à erosão – cheque o website para informações atualizadas antes de viajar.

View of Bixby Bridge, Big Sur, California
Alex Farnum

Bixby Bridge

Destaque: Big Sur vca_maps_centralcoast
Bixby Bridge
Atravesse uma das pontes mais admiradas do país

Bem-vindo à versão da Ponte Golden Gate no Big Sur — e provavelmente a atração mais presente no Instagram de todo o litoral dessa região. Merecidamente. Pare em inúmeras áreas de estacionamento de emergência para conferir vistas incríveis, particularmente na extremidade sul da ponte, ao pôr do sol.

Concluída em 1932 a um custo de pouco mais de 200 mil dólares, essa extensão de concreto, uma das pontes mais altas do seu tipo no mundo, chega a 79 metros de altura, na parte inferior de um vale íngreme pelo qual passa o Bixby Creek. Com apenas um olhar para os penhascos íngremes e fragmentados do vale, fica claro que construir a ponte não deve ter sido nada fácil. Primeiramente, foi necessário construir uma estrutura de madeira maciça, com materiais trazidos em caminhão por uma estrada estreita de mão única, cheia de voltas. A impressionante quantidade de 45 mil sacos individuais de cimento teve de ser puxada para cima da estrutura — e isto antes que máquinas pesadas pudessem ajudar no levantamento. Cada saco foi transportado por um sistema de plataformas e ganchos suspensos por cabos a 91 metros de altura sobre o riacho. Ironicamente, a extensão da ponte foi concluída antes da estrada, e a rota que liga Carmel a San Luis Obispo somente seria aberta cinco anos mais tarde.

Atualmente (como sempre) a ponte é uma das atrações favoritas dos fotógrafos, desde os profissionais até os amadores procurando pela selfie perfeita. Não deixe de aproveitar um dos muitos mirantes, que são o segredo para conseguir uma ampla visão da paisagem e deixar sua foto ainda melhor.

 

Esalen Institute on the Big Sur coastline, California
Kodiak Greenwood

Esalen

Destaque: Big Sur vca_maps_centralcoast
Esalen
Encontre seu "ohm" neste retiro lendário

Mais um espaço de retiro do que um spa luxuoso, o histórico Esalen Institute – construído acima do litoral do Big Sur – tem atraído visitantes que buscam uma fuga da vida cotidiana por mais de 50 anos. A lista de nomes que já passaram um tempo por aqui inclui Bob Dylan, Ansel Adams e Deepak Chopra, por exemplo.

As ofertas espirituais e criativas de Esalen incluem mais de 500 workshops de transformação pessoal e social por ano. Inscreva-se para aprender de yoga e meditação (o instituto é conhecido por ter introduzido essas técnicas nos EUA) à composição e cosmologia.

Muito alternativo para você? Sem problemas, você será bem-vindo mesmo sem fazer nenhum dos workshops. Optando por isso, terá tempo livre para conhecer os belíssimos 10 hectares da propriedade, agendar uma massagem, relaxar em uma das piscinas aquecidas naturalmente e se servir em uma das refeições que incluem ingredientes orgânicos vindos do jardim da propriedade.

As águas quentes são uma atração por aqui há muito tempo. Mesmo que esteja hospedado em outro lugar, ainda assim dá para curtir um mergulho (agendamentos antecipados são necessários) – saiba que roupas de banho são opcionais e você terá que perder algumas horinhas de sono, as piscinas estão abertas para não-hospedes apenas entre 1 e 3 da manhã. Mas vale pena! Descendo a colina você verá um deck para massagens ao ar livre e um telhado verde de vegetação nativa. Também existem banheiras cobertas, além de algumas privativas.

Esalen está a cerca de 19 quilômetros do Big Sur, pegue a maravilhosa Highway 1 para chegar até lá. Prefere não dirigir? Sem problemas, o instituto oferece transporte dos aeroportos em Monterey, San Jose e San Francisco nas sextas e sábados.

Nepenthe Restaurant Big Sur
Thomas H. Story/Sunset Publishing

Nepenthe

Destaque: Big Sur vca_maps_centralcoast
Nepenthe
Jante e relaxe com uma vista de beleza mundialmente reconhecida

Com uma visão do Big Sur comparável apenas se você fosse uma gaivota, este restaurante localizado no alto do penhasco figura merecidamente na lista de prioridades de qualquer pessoa. No Nepenthe, localizado na Highway 1 entre Pfeiffer Ponte Canyon e Castro Canyon, as vistas se prologam pela costa e as montanhas de Santa Lucia mergulham majestosamente camufladas pela nevoa até profundo azul do Pacífico. Moradores e visitantes da região também se reúnem aqui, atraídos pela atmosfera ultra-descontraída, criada por Lolly e Bill Fassett em 1949 (talvez não por acaso, o restaurante ainda pertence e é administrado pela mesma família ate hoje).

No jantar, experimente o famoso Ambrosia Burger, ou o frango assado com recheio de sálvia - o prato exclusivo de Lolly - ou uma variedade de pratos vegetarianos. E, claro, aprecie a paisagem abrangente. Aproveite o visual sentado em um dos bancos do pátio ou entre no prédio principal, projetado por um discípulo de Frank Lloyd Wright em referência ao estilo do mestre arquiteto, que procurava fazer uma estrutura se fundir ao ambiente.

A geração beat e hippie de Big Sur também segue viva em Nepenthe. Passe um tempo no charmoso bar ou na parte externa, perto da fogueira, e fique com os ouvidos atentos para nomes como Kerouac e Miller e histórias que começam com "eu me lembro de quando...". Você pode acabar levando um pouco do estilo de Big Sur para casa. A loja de presentes Phoenix at Nepenthe - fica logo abaixo do Nepenthe e em cima de outro estabelecimento que merece uma visita, Café Kevah - tem joias artesanais, cerâmicas e até instrumentos para uma perfeita roda de percussão.

Limekiln Falls at Limekiln State Park
Danita Delimont/Getty Images

Parque Estadual Limekiln

Destaque: Big Sur vca_maps_centralcoast
Parque Estadual Limekiln
Visite fornos históricos e caminhe até a praia

Faça uma parada na Highway 1 para visitar o Parque Estadual Limekiln e descubra um pedaço da história do século 19 enquanto caminha por trilhas entre sequoias. Nesse parque do Big Sur, acampar, nadar (no Limekiln Creek ou na praia) e observar a vida marinha são atrações imperdíveis, mas, sem dúvida, os fornos históricos são a assinatura do parque.

O Parque Estadual Limekiln já foi uma estação para extração de calcário, com caminhadas curtas você pode descobrir não só as ruínas deste período como visitar as praias e cachoeiras pela área.

No fim dos anos 1880, o calcário era extraído de uma encosta próxima e então minerado nos fornos. O calor intenso extraía calcário puro, ingrediente fundamental para cimento de construção que era usado em edifícios em San Francisco e Monterey.

Depois que todas as reservas foram usadas, os fornos foram abandonados. Lentamente, a floresta se recuperou e a segunda geração de sequoias crescidas neste parque oferece hoje sombras agradáveis para escapar do sol. Em meio a esse cenário natural, os quatro fornos de ferro e pedra seguem imponentes, como monumentos de uma civilização antiga. É um contraste dramático que provavelmente despertará até a imaginação do visitante mais experiente.

Arme uma barraca – carros e trailers não são permitidos – em um dos 29 acampamentos localizados no parque, na beira da praia e na floresta. Você pode reservar seu espaço com até seis meses de antecedência.

Destaque: Big Sur VCW_D_Bigsur_T7_CTTC0911171529115-1280x642

Parque Estadual Pfeiffer Big Sur

Destaque: Big Sur vca_maps_centralcoast
Parque Estadual Pfeiffer Big Sur
Caminhe por florestas de sequoias até o rio Big Sur

As sequoias do litoral da Califórnia têm seu habitat mais ao sul, ao longo da costa de Big Sur, e esta joia de parque, a 41 quilômetros de Carmel, é um ótimo lugar para você desfrutar das sombras dessa floresta de beleza imponente. Caminhar, pedalar e dirigir trailers pelas trilhas e estradas, nadar no Rio Big Sur acampar, são muitas as possibilidades de atividades ao ar livre que fazem com que esse seja um dos mais populares parques ao longo da Highway 1.

O parque surgiu a partir de um assentamento: John Pfeiffer estabeleceu-se aqui em aproximadamente 65 hectares (seu chalé de 1884, originalmente situado sobre o desfiladeiro do rio Big Sur, foi reconstruído na trilha Gorge Trail). Nos anos 1930, as terras de Pfeiffer se tornaram a primeira região importante desse belo parque depois de ele rejeitar ofertas de empreiteiros e, em vez disso, vender seu terreno para o estado da Califórnia, uma decisão que levou a State Park Commission a nomear a mais nova aquisição com o nome dele.

Os picos das montanhas de Santa Lucia se elevam dramaticamente a partir de Big Sur River Gorge; fique atento enquanto caminha ao longo das margens para observar cervos de cauda negra, guaxinins, gambás, pássaros, perus selvagens, e às vezes até linces.

Uma rede pequena, mas atraente, de trilhas, passa pela reserva de 404 hectares; com vistas espetaculares do Big Sur Valley, do Big Sur River Gorge, do Oceano Pacífico e do litoral, mas sem acesso ao mar.

O grande acampamento localizado no parque acomoda bicicletas, carros e trailers. Reservas são feitas com até seis meses de antecedência, mesmo para o inverno, então planeje. Outra opção é se hospedar em um dos 62 chalés rústicos no Big Sur Lodge.

Destaque: Big Sur VCW_D_Bigsur_T8_HMML120-1280x642_0
Terry Way

Biblioteca Henry Miller Memorial

Destaque: Big Sur vca_maps_centralcoast
Biblioteca Henry Miller Memorial
Aprenda mais sobre uma lenda da literatura neste centro de convergência cultural

Considerada o coração cultural e a alma de Big Sur, a Biblioteca Henry Miller Memorial —criada e batizada em homenagem ao famoso escritor americano, que teve Big Sur como seu lar entre 1944 e 1962 — é descrito como um lugar “onde nada acontece”. O que é verdade, durante o inverno, este é um ambiente tranquilo, onde você pode folhear livros (incluindo as influentes obras de Miller, como Trópico de Câncer e, é claro, Big Sur and the Oranges of Hieronymus Bosch, a carta de amor do autor para a região) e tomar uma xícara de café. Também poderá ver impressões de sua arte visual – Miller pintava aquarelas – assim como o trabalho de artistas locais em exposição.

Mas, de maio a outubro, o calendário é cheio de eventos, incluindo apresentações ao vivo e eventos especiais como o anual Big Sur International Short Film Screening Series, um festival de cinema a céu aberto que acontece todas as noites de quinta-feira, entre junho e agosto, do lado de fora da cabana. E se você curte música, também há algo para você. O The Live at the Henry Miller Libraryseries reúne uma grande variedade de artistas, de atos acústicos intimistas a grandes shows como Red Hot Chili Peppers e Pixies, que tocaram para 300 ouvintes sortudos em um bosque de sequóias ao lado da biblioteca.

Big Sur Dining
Thomas H. Story/Sunset Publishing

Jantar no Big Sur

Destaque: Big Sur vca_maps_centralcoast
Jantar no Big Sur
Onde comer, beber e apreciar a paisagem

Para ter energia e encarar os passeios ao redor do Big Sur, seja sábio e comece pelo menos uma manhã com um café reforçado com ovos mexidos à moda da casa e o sourdough (pão caseiro) do Big Sur Bakery and Restaurant. O peculiar restaurante — que fica em um prédio rústico e descolado, atrás de um posto de gasolina — também serve jantar, incluindo uma maravilhosa pizza feita em forno a lenha.

Se você está vindo do sul, pegue um sanduíche no Ragged Point Inn’s — ou fique para um romântico jantar ao pôr do sol no restaurante gourmet, em que você pode escolher entre entradas sazonais do menu, que muda diariamente.

Para um clássico Ambrosia Burger, saboreado enquanto se aprecia uma vista incrível, vá ao Nepenthe e seja servido em um deck sobre o Pacífico — espere pelo pôr do sol. Para uma noite de mais requinte (o que significa não usar chinelos), reserve uma mesa no restaurante do Post Ranch Inn, o Sierra Mar — no jantar, pense na possibilidade de provar o menu de quatro pratos a preço fixo. Ou vá ao restaurante Ventana Big Sur, rústico e dedicado à culinária americana à base de ingredientes locais.

A apenas alguns quilômetros ao norte do Ventana, visite o Big Sur Roadhouse, em Glen Oaks Big Sur, onde ingredientes locais são unidos para criar pratos incríveis. O ambiente do restauranta é tão fascinante quanto a comida: arejado, é decorado com madeira de reflorestamento, arte moderna e ousada e tem ainda convidativas mesas ao ar livre cercadas por sequoias.

 

Destaque: Big Sur vcw_ti_6_hero_cc_bigsur_coast_ts_1280x642_0

Trip 5-7 dias 10 stops

Clássica Highway 1

Pegue a estrada que traduz a alma do Golden State
The California Condor
Ted Drake/Flickr

Condores da Califórnia

Destaque: Big Sur vca_maps_centralcoast
Condores da Califórnia
Observe as maiores aves da América do Norte ao redor do Big Sur

Se você nunca viu um condor da Califória, é difícil imaginar uma ave com a envergadura igual ao comprimento do seu carro. E, não fosse por esforços extensivos de conservação, essa visão teria desaparecido do estado. No fim dos anos 90, apenas 25 deles viviam na natureza.

Liderado pela Ventana Wildlife Society, o San Diego Zoo, e o Los Angeles Zoo, o Plano de Recuperação do Condor da Califórnia teve sucesso em reintroduzir esses animais na natureza e, atualmente, cerca de 300 aves gigantescas cruzam os céus da Califórnia, Arizona, Utah e México. Um dos melhores lugares para vê-los é no Big Sur, na Costa Central.

Se você ver alguns carros encostados, passageiros esticando os pescoços e dedos apontados para cima, ou até mesmo alguns binóculos, provavelmente há condores na área.

Mas os condores da Califórnia não são os únicos pássaros para avistar. A variação topográfica do Big Sur, sua combinação entre ambiente marinho e terrestre e sua localização, bem na rota de migração, fazem dali o paraíso da observação de pássaros, com mais de 390 espécies, de acordo com a Audubon Society. Falcões peregrinos, tarambolas ocidentais, pelicanos marrons, petréis cinzentos, andorinhões pretos e papagaios-do-mar tufados podem ser vistos, dependendo da estação.

A Ventana Wildlife Society publica um guia, Os Pássaros do Big Sur; que você pode encontrar no centro de visitantes da associação em Andrew Molera State Park.

Mas, para muitos, ver o condor da Califórnia é o mais empolgante, provavelmente por conta do grave risco de extinção. Em Big Sur, as locações populares para observação de pássaros são: Andrew Molera State Park; Bottcher’s GapJulia Pfeiffer Burns State ParkPfeiffer Big Sur State Park; e Big Sur Lodge. Em Monterey Jacks Peak é uma boa opção.