Como apreciar a superfloração na Califórnia em 2019 VC_WildflowerForecast_Stock_RF_562571195_1280x640
David H. Carriere/Getty Images

Como apreciar a superfloração na Califórnia em 2019

Como apreciar a superfloração na Califórnia em 2019
Onde encontrar a fartura extraordinária de flores que teremos este ano, de papoulas a lupinos e chocolate lilies (Fritillaria biflora)

Está de volta — e melhor do que nunca.  De acordo com a Anza-Borrego Desert Natural History Association, a floração das flores selvagens na primavera de 2019 terá ainda mais flores do que a de 2017, que foi um espetáculo.  O que faz uma floração ser "super"? “Acontece quando as condições climáticas são perfeitas, ou seja, bastante chuva no fim do outono e início do inverno, tempo fresco durante o dia e noites frias“, explicou a autora de um guia sobre a natureza da Califórnia, Ann Marie Brown. Ela acrescentou que essas florações acontecem uma vez em cada década. A Califórnia tem uma agora e teve duas nos últimos três anos.

Devido às fortes chuvas e à grande quantidade de neve que caiu em 2019, as sementes das flores estão germinando e as raízes estão se espalhando. Os admiradores das flores já podem começar a explorar os desertos e vales no interior da Califórnia — já se pode ver o colorido explosivo na Trilha das Flores de Fresno County — e o futuro reserva muito mais. Do fim do inverno até maio, as flores irão se espalhar pela costa e pelos sopés das montanhas. Em junho e julho, as flores enfeitarão as montanhas mais altas do estado.

Este é o planejamento para a melhor forma de observar flores nesta primavera, por ordem de aparecimento. Para ficar por dentro das novidades sobre flores, verifique as atualizações do site da Theodore Payne Foundation Wildflower ou a página sobre flores selvagens nos parques estaduais da Califórnia.

 

Região desértica

Temporada de pico: do começo de maio ao começo de abril

Enquanto o inverno ainda domina boa parte do país, flores de cores vivas adornam a areia dos desertos da Califórnia. A partir do começo de março, mais de 200 espécies de plantas que dão flores darão um espetáculo brilhante no Parque Estadual do Deserto de Anza-Borrego, na região leste de San Diego County — e, graças aos quase 10 cm de chuva desde julho de 2018, esta pode ser a maior floração por aqui em duas décadas. Ao longo dos 2,41 km da Trilha Borrego Palm Canyon, partindo do espaço para acampamento no cânion Borrego Palm, você verá o amarelo da brittlebush (Encelia farinosa), o roxo da lavanda-do-deserto e o vermelho intenso do ocotillo (Fouquieria splendens). Você também pode entrar 4,82 km no cânion Hellhole para ver as flores de cacto-bola, lupino e facélia, além da queda d'água em Maidenhair Falls. Confira o site da Natural History Association do parque ou ligue para a linha direta sobre flores selvagens, no número 760/767-4684, para se atualizar. A
página sobre flores selvagens do parque também fornece um mapa bastante útil da área, com dicas de visualização.

Para ter mais oportunidades de ver flores, vá para a Reserva do Vale de Coachella, em Thousand Palms, e à estrada Box Canyon Road, em Mecca, que têm lupino e girassol do deserto. Os Indian Canyons, de Palm Springs, também são concorrentes fortes, mas atualmente estão fechados devido à inundação em fevereiro. Assim que forem reabertos (acompanhe as novidades aqui), você poderá esperar o colorido durante o mês de abril.

O Parque Nacional de Joshua Tree também oferecerá uma fartura de flores — e, com elevações superiores às de Anza-Borrego, nevou no parque na semana passada. Ou seja, as flores das maiores elevações poderão florescer até o mês de junho.  “Temos algumas flores nas elevações mais baixas em torno da Trilha de Bajada e nas áreas do parque em Cottonwood”, explicou George Land, diretor de informações públicas do site. “As plantas mais comuns na fronteira sul são bladder pod (Peritoma arborea), brittle bush (Encelia farinosa), chaparral, lupino e papoulas”. Brown recomenda caminhadas para observar flores nas elevações mais baixas na parte sul do parque, como a Trilha da Natureza de Bajada.

Com a primavera mais avançada,procure cactos beavertail (Opuntia basilaris), com flores de uma cor magenta tão viva que você enxerga a mais de 45 metros de distância, em locais como a região do cânion Black Rock ou a Wonderland of Rocks, o país das maravilhas das rochas. Tanto a icônica árvore-de-josué quanto a sua prima "yucca" do deserto do Mojave darão flores espetaculares, de um branco cremoso.

 

Costa Central

Temporada de pico: de meados de março a meados de abril

A 96 km a leste de San Luis Obispo, o Monumento Nacional de Carrizo Plain contém a maior pradaria nativa restante na Califórnia. No começo da primavera, enquanto os alces de tule e os antilocapras vagueiam, Carrizo deve estar quase coberto de flores-ovo, owl’s clover (Castilleja exserta) e papoulas-da-califórnia. Os botânicos vêm para cá à procura de espécies raras e em risco, como os woolly-threads de San Joaquin (pequenas flores amarelas, Monolopia congdonii), kern mallow (Eremalche kernensis, de cor rosa delicada), e jewelflower da Califórnia (Caulanthus californicus), cujos botões cor de vinho abrem e se tornam flores brancas.

Também merecem destaque a estrada Shell Creek Road cheia de flores selvagens, perto de Santa Margarita, onde papoulas de cor laranja e lupinos de um azul arroxeado ladeiam o caminho; e o Parque Estadual Montaña de Oro de San Luis Obispo, com suas papoulas-da-califórnia, monkey flowers (Mimulus ringens) grudentas, nabiças e mostarda, tudo ao longo da Bluff Trail, a trilha do penhasco, de fácil acesso.

 

Condado de Los Angeles

Temporada de pico: meados de março até o início de abril

Toda primavera, as colinas a oeste de Lancaster ficam cheias de papoulas-da-califórnia, com suas pétalas sedosas de cor laranja, e a Reserva Estadual de Papoulas-da-Califórnia de Antelope Valley recebe milhares de visitantes atraídos por sua magia. Aproximadamente 13 km de trilhas atravessam a reserva, mas a maioria dos visitantes prefere a South e a North Loop, de 4 km, com uma pequena viagem até Tehachapi Vista Point. Para ver atualizações de status, confira o site da reserva ou use a linha direta da Poppy Reserve Wildflower, no número 661/724-1180.

Na costa de Los Angeles, visite o Parque Estadual Point Mugu de Malibu, nas montanhas de Santa Monica. Suba a Trilha Chumash a partir da Pacific Coast Highway: nos trechos mais baixos, você verá papoulas, lupino e lírios-tulipa; já na parte mais alta, você encontra flores mais exóticas: chocolate lily (Fritillaria biflora) e gilia globular azul (Gilia capitata).

 

Sopés da Sierra

Temporada de pico: de meados de março até o fim de abril

Quando o braço sul do rio Merced corre forte com a água de degelo da primavera, as vistas de flores selvagens e corredeiras da Trilha Hite Cove se tornam concorrentes à altura de locais famosos do Vale de Yosemite, que fica a apenas 16 km de distância. Estacione no Savage’s Trading Post na Highway 140, 32 km a leste de Mariposa. Com uma caminhada de 1,60 a 3,20 km, você descobre uma imensa variedade de flores, como lastênias, brodiaea, shooting stars (Dodecatheon), fiesta flowers (Pholistoma auritum), fairy lanterns (Calochortus albus), baby blue eyes (Nemophila menziesii) e Indian pinks (Spigelia marilandica L.).

Perto de
Nevada City, a trilha à beira-mar no Parque Estadual de South Yuba River tem flores selvagens espetaculares, como a chamativa five-spot (Nemophila Maculata) rosa, que floresce no começo de abril.

 

Área da Baía de São Francisco (San Francisco Bay Area)

Temporada de pico: do fim de abril a meados de junho

Todo ano, o Litoral Nacional de Point Reyes atrai muitos amantes de flores aos seus acidentados penhascos litorâneos e florestas de abetos-de-douglas cobertos de musgo. O melhor trajeto do parque para apreciar flores é a Trilha Chimney Rock, de 2,25 km, no topo de um penhasco, com uma variedade imensa de flores — papoulas, owl’s clover (Castilleja exserta), flores-ovo, checkerbloom (Sidalcea malvaeflora), paintbrush (Castilleja coccinea), Douglas iris (Iris douglasiana) e footsteps-of-spring (Sanicula arctopoides). Se depois disso você quiser apreciar ainda mais flores, pode ir para a laguna Abbotts, onde, em uma caminhada tranquila, você vê uma quantidade enorme de papoulas-douradas.

Na Península de San Francisco, a melhor trilha para apreciar flores selvagens fica na Reserva Russian Ridge. De meados de abril ao fim de maio, ocorre uma explosão de cores em suas pradarias, com mule ears (Wyethia mollis), papoulas, lupino, lastênias, amor-perfeito e blue-eyed grass (Sisyrinchium californicum). E, em dias claros, as vistas da costa de Half Moon Bay são de tirar o fôlego.

 

High Sierra

Temporada de pico: junho e julho

Normalmente, a primavera não chega à High Sierra antes de julho — e, quando chega, vem com um desfile cheio de cores e opções (confira o nosso guia de caminhadas para apreciar flores selvagens de verão na Sierra). Para ver flores mais cedo, percorra a Trilha de Sagehen Creek, perto de Truckee, já em junho. Você localizará western peony (Paeonia brownii) nos arvoredos, milhares de prímulas cor de rosa nos prados e, caso você consiga encontrar essa flor que dura apenas uma semana, aproximadamente — verá camássias cobrindo o campo em Sagehen Meadow. 

Este ano, em julho, um bom lugar para fazer caminhada será a Trilha Carson Pass (a leste da área de esqui de Kirkwood) até o lago Winnemucca. Aqui, o solo vulcânico produz uma bela cobertura de flores: gília escarlate, Indian paintbrush (Castilleja coccinea), linhaça azul e lírios da Sierra (Lilium kelleyanum).

 

Shasta Cascade

Temporada de pico: começa em meados de julho

A neve pode permanecer no Parque Nacional Vulcânico Lassen até meados do verão. Por isso, a temporada de flores selvagens também começa tarde. A trilha de 3,18 km, que vai até a parte mais alta do parque, é o melhor lugar para apreciar vistas e flores espetaculares, como o lupino de folha prateada, com suas flores de cor azul arroxeada fazendo contraste com o solo cinzento. Fique atento às plantas do gênero smelowskia no Pico Lassen, que só crescem aqui — não existem em nenhum outro lugar no mundo todo. Suas touceiras brancas crescem em fendas de rochas, um fato que inspirou seu nome popular: falsa sempre-viva alpina. Procure também a planta conhecida como pussy paws (Cistanthe monandra), com flores que parecem patas peludas de gatos (ou melhor, pareceriam patas se os felinos fossem cor de rosa).

Outra trilha excelente para quem quer admirar flores é a Mill Creek Falls, que começa perto da entrada sul de Lassen. Percorra a trilha de 3,22 km que passa por um campo coberto de mule ears (Wyethia mollis) da montanha — com suas flores semelhantes a girassóis brilhando ao sol — para chegar à cachoeira Mill Creek Falls, com 23 m de altura, a mais alta do parque.

— Ann Marie Brown

Como apreciar a superfloração na Califórnia em 2019 Pillars_Outdoor_OR_RD_50003619_1280x640

Califórnia: Ar Livre

ALIMENTE SEUS SONHOS

Explore Atividades ao Ar livre na Califórnia
Como apreciar a superfloração na Califórnia em 2019 VCW_D_Yosemite_Hero_20140503_Yosemite_hero_1280x642_1
Descubra High Sierra

Famoso por suas enormes cachoeiras e maciços de granito e declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1984, este parque incomparável atrai 4 milhões de visitantes todos os...

SPECIAL FEATURE
Da história de Gold Rush para a 8ª maravilha do munda, visite o seus favoritos

Se fosse para considerar algo como uma caixa de bombons – e todos eles sendo deliciosos – isto seria o rico conjunto de...

Como apreciar a superfloração na Califórnia em 2019 McWayFalls_JPB_SP_preview_686x885
Amy Meredith/Flickr
As montanhas chamam e eu devo ir.

John Muir
SPECIAL FEATURE
Entre no clima praieiro

Cabelos queimados de sol, os sorrisos freqüentes, os olhos sempre olhando para o oeste ou para o horizonte para ver quando a próxima onda pode rolar.  Essa é a aparência inconfundível de uma...

Como apreciar a superfloração na Califórnia em 2019 VCW_TI_8_hero_Screen Shot 2014-09-26 at 11.35.53 AM