Kodiak Greenwood

Região Central da Califórnia

Destaque: Big Sur

15
May
Average (°C)
Mar - May
21°
High
6°
Low
June - Aug
25°
High
8°
Low
Sept - Nov
24°
High
7°
Low
Dec - Feb
15°
High
6°
Low

Bem-vindo a um dos trechos litorâneos mais inesquecíveis do mundo. Com sequoias e orla enfeitada por neblina, esta extensão de aproximadamente 90 quilômetros entre Carmel-by-the-Sea e Castelo Hearst não possui limites específicos tampouco núcleo urbano, te levando (e também levou escritores como Henry Miller e Jack Kerouac, da Geração Beat) a um fascínio mágico. Este é, simplesmente, um lugar onde você quer estar — entre o céu e o mar.

Dirija pela região de Big Sur ao longo da Highway One, rodovia onde você terá diversas oportunidades para realizar paradas estratégicas em mirantes, como a Bixby Bridge, ponte vista em diversos comerciais de carros. Outro ponto favorito para fotos: McWay Falls, uma cascata com cerca de 21 metros de altura, que despenca entre falésias até uma remota praia. Olhe para cima para ver condores-da-Califórnia — é a maior ave da América do Norte em perigo de extinção — ou olhe para baixo para observar baleias migrando ou lontras-marinhas flutuando entre densas camadas de alga kelp, característica da Califórnia. Experimente o famoso hambúrguer Ambrosia no deck do restaurante Nepenthe e tome uma cerveja assistindo ao pôr do sol. Você poderá acampar ou se hospedar em cabanas rústicas como as do hotel Deetjen's ou em outro da região. A beleza do Bir Sur serve de ímã para hotéis exclusivos como o Post Ranch Inn beirando o penhasco ou o luxuoso Ventana Inn and Spa.

Kodiak Greenwood

Hospedagens de Luxo em Big Sur

Hospedagens de Luxo em Big Sur
Passe a noite em ambientes fascinantes com amplas e encantadoras paisagens.

Mesmo que Big Sur tenha tudo a ver com natureza, não significa que você precise ter experiências difíceis durante sua visita. Na verdade, a região ostenta algumas das opções de hospedagem mais celebradas do estado, com quartos extremamente luxuosos, excelentes instalações e spas e inesquecíveis experiências gastronômicas. No Post Ranch Inn, suítes e casas privativas são milagrosamente esculpidas em penhascos, e enormes janelas panorâmicas oferecem um visual infinito do mar e do céu. (Se você gosta de ver baleias da sua cama, encontrou seu destino dos sonhos.) Há até um carro de luxo disponível para hóspedes que precisarem de um veículo no local, e um barco que leva você pelo litoral de Big Sur.

"No Post Ranch Inn, suítes e casas privativas são milagrosamente esculpidas em penhascos"

No lado oposto (interior) da Highway 1, há o Ventana Inn & Spa, um paraíso com sombras de sequoias nos ofurôs ao ar livre e grandes terraços oferecem às suítes um aspecto leve e natural; ou reserve um quarto com uma lareira para um conforto extra aconchegante em noites de neblina. Os restaurantes aqui também são excelentes, com um foco em ingredientes sazonais fornecidos por agricultores locais. Aqui e em Post Ranch, você pode jantar ou marcar um tratamento de spa se você não for hóspede - uma ótima maneira de se deixar mimar mesmo sem extrapolar nos gastos. 

Julia Pfeiffer Burns State Park
Alexa Miller

Julia Pfeiffer Burns State Park

Julia Pfeiffer Burns State Park
Veja uma cachoeira que despeja suas águas na praia

Você gostaria de fazer uma caminhada curta com uma enorme recompensa? A trilha com vista elevada da cachoeira no Parque Estadual Julia Pfeiffer Burns, com ida e volta de 1 km, talvez seja a caminhada que exige menos esforço no planeta.  A caminhada quase plana termina em um ponto elevado à beira-mar, com vistas impecáveis de McWay Falls, um dos locais favoritos da desbravadora Julia Pfeiffer Burns – o nome do parque foi dado em sua homenagem. Digamos apenas que Julia tinha bom gosto. As águas caem de aproximadamente 24 metros do topo de um penhasco de granito até a enseada arenosa (nem mesmo pegadas na areia interferem na perfeição, uma vez que esta praia é fechada para o público).

Se você estiver mais disposto que esticar as pernas, caminhe também pela trilha vizinha Ewoldsen Trail, um percurso de 3 km com subidas e descidas passando por sequoias antigas e arbustos espinhosos litorâneos, oferecendo a recompensa de deslumbrantes vistas infinitas para o seu esforço do de subir 488 metros.

Bixby Bridge
Alex Farnum

Bixby Bridge

Bixby Bridge
Atravesse uma das pontes mais admiradas no país

Bem-vindo à versão de Big Sur da ponte Golden Gate - e provavelmente a atração mais presente no Instagram de todo o litoral de Big Sur. E merecidamente. Pare em inúmeras áreas de estacionamento de emergência para conferir vistas incríveis, particularmente na extremidade sul da ponte, ao pôr do sol.

Concluída em 1932 por pouco mais de 200 mil dólares, essa extensão de concreto, uma das pontes mais altas de seu tipo no mundo, chega a 79 metros de altura, situada na parte inferior de um vale íngreme pelo qual passa Bixby Creek.  Com apenas um olhar para os penhascos íngremes e fragmentados do vale, fica claro que construir a ponte não deve ter sido nada fácil. Primeiro, foi necessário construir uma estrutura de madeira maciça, com materiais trazidos em caminhão por uma estrada estreita de mão única cheia de voltas. A impressionante quantidade de 45 mil sacos individuais de cimento teve que ser puxada para cima da estrutura - e isto antes que máquinas pesadas pudessem ajudar no levantamento. Cada saco foi transportado por um sistema de plataformas e ganchos suspensos por cabos a 91 metros de altura sobre o riacho. Ironicamente, a extensão da ponte foi concluída antes da estrada, e a rota que liga Carmel a San Luis Obispo somente seria aberta cinco anos mais tarde.

Esalen
Kodiak Greenwood

Esalen

Esalen
Encontre seu "ohm" neste retiro lendário

Se você quer evidências do espírito livre e boêmio de Big Sur, basta conhecer o Esalen Institute. Mais de 400 workshops são realizadas anualmente neste centro para transformação pessoal e social, abordando tópicos tão variados quanto composição, comunicação de casais e cosmologia xamânica.

Um pouco "diferente" demais para você? Os hóspedes são convidados a ficar em um retiro pessoal, sem se inscrever em um workshop - livres para caminhar pelos belos 11 hectares da propriedade, para marcar uma massagem, relaxar nas banheiras de imersão do local situadas em penhascos e aquecidas por fontes naturais, e para se deliciar com refeições feitas com ingredientes da horta do local. Se você estiver hospedado em outro lugar, também pode agendar a utilização da banheira (é necessário que a reserva seja feita com antecedência), mas saiba que roupas de banho são opcionais, e é bom ser uma pessoa noturna: elas só ficam abertas para não hóspedes da 1 às 3 horas da manhã.

Thomas H. Story/ Sunset Publishing

Nepenthe

Nepenthe
Jante e relaxe com uma vista de beleza mundialmente reconhecida

Considerando que só existem paisagens comparáveis às de Big Sur se você for uma gaivota, este restaurante no alto de um penhasco entra merecidamente na lista de prioridades de qualquer pessoa. Até os moradores vêm em peso para cá, atraídos pela atmosfera relaxante criada pelos proprietários originais em 1949 (e o lugar ainda pertence e é administrado pela mesma família até hoje). E, é claro, eles vêm pela vista. Aproveite o visual de um dos assentos no pátio, ou entre no prédio principal, projetado por um aluno de Frank Lloyd Wright em referência ao estilo do mestre arquiteto de fazer uma estrutura se fundir ao seu ambiente.

A geração Beat e hippie de Big Sur também segue vivendo em Nepenthe. Passe um tempo no charmoso bar ou na parte externa, perto da fogueira, e fique com os ouvidos atentos para nomes como Kerouac e histórias que começam com "eu me lembro de quando...". Você pode acabar levando um pouco do estilo de Big Sur para casa. A loja de presentes Phoenix at Nepenthe tem joias artesanais, cerâmicas e até instrumentos para uma perfeita roda de tambores.

Limekiln State Park
Limekiln Falls by Carson/Flickr

Limekiln State Park

Limekiln State Park
Visite fornos históricos e caminhe até a praia

Como sugere o nome, o Limekiln State Park já foi a região de uma próspera operação de fornos de cal, e curtas caminhadas permitem que você explore as ruínas de quatro fornos de cal. A história cultural explica como, no fim da década de 1880, o calcário natural foi extraído de uma encosta nas redondezas e então alimentado aos fornos de ferro e pedras pesadas.  O calor intenso do fogo dos fornos, alimentado por sequoias derrubadas, extraiu cal pura, um ingrediente chave para o cimento usado nas construções ao norte de Monterey.

Quando o calcário e as sequoias dos proprietários de cal se esgotaram, eles fecharam os fornos. A recuperação da floresta se deu lentamente, e o segundo crescimento das sequoias hoje encontradas neste parque permite um refúgio agradável e sombreado (sem falar em seu passado interessante). Aproveite uma caminhada até Limekiln Falls ou faça o passeio mais simples até a praia do parque. Também há 28 áreas para acampamento.

Pfeiffer Big Sur State Park
Pfeiffer Big Sur State Park courtesy of CTTC

Pfeiffer Big Sur State Park

Pfeiffer Big Sur State Park
Caminhe por florestas de sequoias até o rio Big Sur

As sequoias do litoral da Califórnia têm o seu habitat mais meridional ao longo da costa de Big Sur, e esta joia de parque é uma ótima maneira de conhecer sua vasta sombra, * e beleza imponente. As raízes do parque estão no processo de assentamento: John Pfeiffer estabeleceu-se aqui em aproximadamente 65 hectares (seu chalé de 1884, originalmente situado sobre o desfiladeiro do rio Big Sur, foi reconstruído na trilha Gorge Trail do parque). Nos anos 1930, as terras de Pfeiffer se tornaram a primeira região importante deste belo parque.

Uma pequena mas atraente rede de trilhas passa pela área de preservação de 405 hectares. A trilha Valley View Trail, uma caminhada de ida e volta de 5 km, passa por florestas e atravessa prados, conduzindo até vistas da cachoeira Pfeiffer Falls (é importante ressaltar que, em anos mais secos, é possível que só haja gotas). Prolongue sua permanência com uma estadia na despretensiosa hospedagem do parque Big Sur Lodge, ou reserve uma área de acampamento nas margens do rio (os sites disponibilizam reservas com bastante antecedência, particularmente nos meses do auge do verão, então organize-se com antecedência).

Henry Miller Memorial Library
Terry Way

Henry Miller Memorial Library

Henry Miller Memorial Library
Aprenda mais sobre uma lenda da literatura neste centro de convergência cultural

Considerado como o coração cultural e a alma de Big Sur, o Henry Miller Memorial Library - criado e nomeado em homenagem ao famoso escritor americano que tinha Big Sur como seu lar entre 1944 e 1962 - é descrito como um lugar "onde nada acontece". Durante o inverno, este é um lugar tranquilo, onde você pode folhear livros (incluindo as influentes obras de Miller, como Trópico de Câncer) e tomar uma xícara de café. Mas, de maio a outubro, o calendário é cheio de eventos, incluindo apresentações ao vivo e eventos especiais como o anual Big Sur International Short Film Screening Series, que acontece dentro e fora da aconchegante cabine, no litoral. E há apresentações intimistas de música ao vivo para 300 sortudos ouvintes, com artistas renomados como Band of Horses e Red Hot Chili Peppers, que acontecem em um bosque exuberante próximo à biblioteca.

Jantar no Big Sur
Thomas H. Story/ Sunset Publishing

Jantar no Big Sur

Jantar no Big Sur
Onde comer, beber e apreciar a vista

Para abastecer suas excursões ao redor de Big Sur, seja sabio e começe pelo menos uma manhã com café forte, ovos locais e sourdough (pão caseiro) no Big Sur Bakery and Restaurant. O peculiar restaurante - que fica atrás do posto de gasolina em um prédio rústico e descolado - também serve jantar, incluindo uma maravilhosa pizza feita a lenha.

Para um hamburger de ambrosia especial servido com uma vista incrível, vá ao Nepenthe, onde um enorme deck dá vistas para o Pacífico - cuide das suas batatas fritas e cervejas para ficar até o por do sol. Para a sair a noite (e no Big Sur, isso significa estar apresentável e não usar chinelos), reserve uma mesa no restaurante do Post Ranch Inn, no Sierra Mar (considere aproveitar o menu degustação de nove pratos Taste of Big Sur), ou se contente com um típico restaurante de hotel como o Ventana Inn & Spa, com foco na culinária americana feita com ingredientes locais.

Inclua na lista uma visita ao Big Sur Roadhouse, onde os condimentos estilo Cajunse misturam com ingredientes super locais (imagine quiabo preparado com frutos do mar recém pescados e para ter uma ideia do que stamos falando). O design do Roadhouse é tão intrigante quanto sua comida, com um interior arejado acentuado com detalhes de madeira reciclada e restaurada, arte moderna e convidativo lugares ao ar livre rodeado de sequóias.

 

Trip 5-7 dias 10 stops

Clássica Highway One

Pegue a estrada que captura o coração e a alma do Golden State
San Diego

Comece em um dos destinos mais ensolarados da Califórnia, não apenas em termos de clima, mas também de atitude. No coração da cidade, faça compras no Horton Plaza, ou assista uma partida de beisebol no Petco Park. Veja os pandas gigantes no zoológico de San Diego. A seguir, explore uma das...

San Francisco

Termine sua viagem em uma das maiores cidades do mundo. Para um jeito novo de visitar a "Cidade da Baía", estacione seu carro e a explore a pé, de bicicleta ou pelo transporte público sem igual. Pedale uma bicicleta pela ponte Golden Gate e de volta, e então explore o luxuriante Presidio,...

Condores da Califórnia nos arredores de Big Sur
Ted Drake/Flickr

Condores da Califórnia nos arredores de Big Sur

Condores da Califórnia nos arredores de Big Sur
Depois de quase extintos, as maiores aves da América do Norte voltam a voar

É difícil imaginar uma ave com uma envergadura do comprimento do seu carro (ou, se você tiver um carro pequeno, talvez seja até mais comprida). E não fosse por grandes esforços de preservação, tal visão teria desaparecido totalmente de nosso estado. Felizmente, o magnífico condor da Califórnia, que desenha grandes círculos no céu com asas que chegam a alcançar 3 metros de uma extremidade à outra, foi trazido de volta depois de beirar a extinção. No final dos anos 80, haviam somente entre 25 e 30 condores soltos na natureza.

A partir de um esforço intenso no sentido de criar em cativeiro as aves criticamente ameaçadas, com a ajuda da Ventana Wildlife Society, dos zoológicos de San Diego e de Los Angeles e de ainda outras organizações, os condores foram lentamente reintroduzidos na natureza. Atualmente, aproximadamente 300 grandes aves planam pelo céu sobre a Califórnia, o Arizona e o México. E um dos melhores lugares para espiá-las é em Big Sur. Se você avistar vários carros estacionados com passageiros esticando seus pescoços pelas janelas e apontando seus dedos para cima, ou até mesmo usando binóculos ou preparando lunetas, é provável que haja um ou dois condores na área. Estacione - é possível que esta seja uma oportunidade de observação única em toda uma vida. Mas esperamos que não.