Sul da Califórnia Definitivo VCW_TI_11_Hero_lauridsen_140702_2564-sized
Dave Lauridsen

Trip 8-10 dias 10 stops

Sul da Califórnia Definitivo

Sim, "algo para todos" pode ser um clichê, mas esta road trip realmente é o tipo de viagem "tudo em um". Visite icônicos destinos para famílias como a Disneyland, o SeaWorld San Diego, a LEGOLAND California, o San Diego Zoo e atrações de Los Angeles, incluindo o Universal Studios Hollywood. Encontre diversão para adultos na noite de cidades grandes como L.A., Hollywood e Palm Springs. Adicione esplendor natural com paradas em parques com montanhas e desertos, além de uma visita à inesquecível Mammoth Lakes.

Sul da Califórnia Definitivo LA-GriffithObs-1280x624_0
Griffith Observatory

Los Angeles

1
Los Angeles
Restaurantes com vistas para o mar e uma lista de celebridades

Sua viagem começa na maior cidade da Califórnia. L.A. tem ação sem parar e muitas coisas para fazer, mas pode ser um desafio se deslocar, então planejar sua viagem com antecedência é uma grande vantagem. Comece pela cidade litorânea de Santa Monica, com uma praia larga e deserta e um cais conhecidíssimo, com brinquedos de parque de diversões e restaurantes, além de ótimas compras no calçadão da Third Street e no sofisticado Santa Monica Place, shopping center excelente para jantar na cobertura com vistas para o mar e para a cidade. Siga para o noroeste pelo Santa Monica Boulevard para visitar a lendária Beverly Hills, onde carros com janelas espelhadas entram na Chanel e em outras butiques de luxo ao longo da Rodeo Drive. Continue para o leste até Hollywood, para passear pela Calçada da Fama e visitar o Teatro Chinês TCL.

Siga para o leste para visitar o moderno e histórico centro de Los Angeles (ou simplesmente DTLA). A chegada de novos residentes contribuiu para energizar a região, e a revitalização do centro também foi estimulada por atrações como o Grand Park, um oásis urbano com vistas que se estendem do Music Center (incluindo o Walt Disney Concert Hall) à Prefeitura. Prédios antigos foram transformados, incluindo o enfeitado prédio da United Artists na Broadway, de 1927, onde o Ace Hotel Downtown Los Angeles oferece acomodações estilosas e um restaurante. Multidões se reúnem para a combinação de esporte com entretenimento do Staples Center e no complexo LA LIVE, onde você também pode ver artefatos da música (partituras de Elvis, a luva de Michael) no Grammy Museum e assistir a shows no Nokia Theatre. Termine sua experiência em L.A. com uma visita ao Universal Studios Hollywood, parque com brinquedos baseados em filmes e passeios pelos bastidores do estúdio.

De Los Angeles, siga para o sudeste para visitar um lugar mágico que é seguramente um dos destinos mais populares da Califórnia: a Disneyland.

Mais ideias
Próxima Parada
Disneyland (42km; 32min)
Sul da Califórnia Definitivo VCW_D_Disneyland_Hero_Disneyland_4_08_DL_09847_1280x642
Cortesia de Disneyland Resort

Disneyland

2
Disneyland
Basta dizer este nome que os olhos das crianças brilham

O indiscutível avô dos parques temáticos vem abrindo caminho desde 1955, convidando seus visitantes a passar o dia nessa incrível terra de faz de conta. Essa amada instituição de Anaheim reúne atrações icônicas — entre elas, a montanha-russa Matterhorn Bobsleds —, mas também inovações, como o laser e as fontes flutuantes no show noturno World of Color ou as travessuras do famoso camundongo em Mickey and the Magical Map. O complexo, chamado de Disneyland Resort, reúne o original Disneyland Park e o vizinho Disney California Adventure Park e se divide em "terras temáticas", com brinquedos, shows e atrações relacionadas.

Mantenha seu mapa gratuito à mão para garantir que está indo na direção certa (com tantas "lands" e atividades diferentes é fácil ficar um pouco desorientado). Dentro do parque, reduza o tempo de espera nas filas com o sistema Fast Pass: use seu ingresso para reservar a entrada nas atrações em horários mais tarde no mesmo dia. Baixe o aplicativo gratuito Disneyland Wait Time para saber onde encontrar as filas mais curtas.

Das visões do futuro na Tomorrowland ao rústico mundo do Frontierland, o cenário muda rapidamente no Magic Kingdom. Faça um cruzeiro com sua espada (e procure por Johnny Depp como o endiabrado Capitão Jack Sparrow) no estridente brinquedo Piratas do Caribe. Depois saia para sentir o cheiro de frescos beignets (espécie de carolina, doce derivado do éclair) no New Orleans Square. Dê um passeio rápido pela Fantasyland, onde os pequenos podem montar em um elefante no clássico brinquedo Dumbo e pequenas princesas esperam ansiosamente para conhecer Elsa, Ariel, Bela e outras heroínas clássicas da Disney. Certifique-se de que seus pequenos estejam preparados para qualquer aventura que envolva sabres de luz, inscrevendo-os na Jedi Training Academy. Viaje pelo fundo do mar e veja Dory e sua turma no Finding Nemo Submarine Voyage ou acerte seus adversários com lasers no Buzz Lightyear Astro Blasters, inspirado no filme Toy Story. Para mais explorações galácticas, decole na Space Mountain.

Depois de toda essa ação, pode ser bom entrar no refrescante mundo, literal e figurativamente falando, do edifício principal de Tomorrowland: o Innoventions, cheio de engenhocas, dispositivos e jogos. Caminhe por uma casa do futuro para personalizar sua arte, música e iluminação. Veja também um conjunto completo de trajes de Tony Stark (você pode até mesmo experimentar virtualmente um deles), em uma exposição interativa do Iron Man.

Da Disneyland, siga pela costa sul para a ensolarada San Diego.

Mais ideias
Próxima Parada
San Diego (154km; 1h34min)
Sul da Califórnia Definitivo BalboaPark_night_1280x642
Balboa Park

San Diego

3
San Diego
California dreamers, litoral interminável e sol

Esta cidade à beira-mar é perfeita para sair e se divertir e, com um clima agradável, é fácil entender o motivo. Tudo e todos parecem ligados em aproveitar o sol quase ininterrupto da região, especialmente ao longo da Baía de San Diego, onde há um museu marinho com um porta-aviões aposentado.

No coração da cidade, faça compras no Horton Plaza ou assista a uma partida de beisebol no Petco Park. Veja os pandas gigantes no zoológico de San Diego. A seguir, explore uma das variadas vizinhanças da cidade: Little Italy, North Park, South Park, East Village — lugares convidativos para pedestres, eles são o epicentro do crescente movimento gastronômico de San Diego, cidade com emergente e progressiva cena de cervejas artesanais. Tenha uma amostra em North Park, nos limites do bairro, no lado nordeste do Balboa Park. Nas 30th Street e University Avenue, delicie-se com a culinária farm-to-table e vinhos de luxo no Urban Solace ou improvise no favorito dos moradores, o Carnitas' Snack Shop (o menu muda diariamente, dependendo dos produtos frescos e de ingredientes disponíveis no dia). Gaste sua energia indo para a brilhante Mission Bay de San Francisco para alugar pedalinhos ou caiaques. Termine jantando e dançando após o anoitecer no agitado Gaslamp Quarter. Ostente por uma noite em uma das acomodações icônicas da Califórnia, o Hotel del Coronado, na idílica ilha de Coronado, ligada à cidade por uma ponte em arco que faz você se sentir a muitos quilômetros de distância.

Agora deixe a costa para trás, mas não o sol. Sua próxima parada lhe permite explorar uma notável área de parques, com vida selvagem, desfiladeiros remotos e arte nativa americana.

Mais ideias
Próxima Parada
Anza-Borrego DSP (135km; 1h47min)
Sul da Califórnia Definitivo VCW_D_DE_T5_Anza-Borrego_Manley-1280x642
Anza-Borrego by Harriot Manley

Parque Estadual Anza-Borrego Desert

4
Parque Estadual Anza-Borrego Desert
Selvagem, remoto e de uma beleza inesquecível

O nome composto do parque é uma junção do sobrenome do famoso explorador espanhol Juan Bautista de Anza, que cruzou este deserto em 1774, com a palavra "borrego", que em espanhol quer dizer carneiro, em alusão à espécie selvagem desse animal, nativa da região. Este deserto, o maior parque estadual da Califórnia, protege mais de 240.000 hectares de terras áridas, oásis de palmeiras, estreitos cânions e colinas cobertas de cactos. O parque é uma aula prática de geologia, que sofre ainda alterações causadas pela erosão e por enchentes-relâmpago. Um lugar selvagem e remoto, com acesso apenas a pé ou por rodovias primitivas (considere alugar um veículo alto com tração nas quatro rodas para ter melhor acesso). Mas a recompensa é um silêncio impressionante e uma beleza inesquecível.

Comece a sua viagem ao norte de Borrego Springs, no centro de visitantes do parque, construído no subterrâneo para que a temperatura interna seja mais agradável. Saiba mais sobre este fascinante parque e receba dicas de lugares para visitar. A trilha mais famosa de Anza-Borrego leva ao Borrego Palm Canyon, um paraíso aquático abastecido pelas nascentes subterrâneas e coberto pelas sombras da palmeira-de-saia, a única palmeira nativa da Califórnia. Não é uma grande caminhada (ida e volta com 4,8 quilômetros no total), mas se parece com uma viagem do deserto aos trópicos. Contorne uma região arenosa, serpenteando um cânion rochoso repleto de cactos dos tipos barril e octillo (procure beija-flores voando sobre as plantas vermelhas).

Um pouco mais distante, você se deparará com salgueiros exuberantes e o som de pequenas cachoeiras até que, finalmente, as rochas revelem piscinas profundas com as sombras das palmeiras projetadas sobre a água (a folhagem sem poda as deixa um pouco parecidas com o Chewbacca de Guerra nas Estrelas). Uma série de chuvas fortes e enchentes-relâmpago na década passada acabaram com muitas das antigas palmeiras, mas Palm Canyon ainda é o maior bosque de palmeiras em Anza-Borrego. Mais de 80 espécies de pássaros migratórios usam Palm Canyon como um ponto de abastecimento de água, à medida em que viajam pelo deserto. O carneiro-selvagem também gosta daqui. Olhe com atenção as cadeias altas para tentar vê-los. Se tiver sorte, e muita calma, eles podem aparecer para beber água.

Quando sair de Anza-Borrego, mantenha seus olhos abertos para as incríveis esculturas de metal de animais pré-históricos pontilhando o deserto perto da cidade de Borrego Springs; elas são trabalho do artista Ricardo Breceda. Agora sua rota o leva para o leste e depois para o norte, em direção a cidades de resorts luxuosos, juntas chamadas de Palm Springs.

Sul da Califórnia Definitivo VCW_D_DE_T2_Sparrows-3-7671-Edit-1280x642
Spa at Sparrows

Palm Springs

5
Palm Springs
Moderna e descolada no meio do deserto

Alimentado por nascentes subterrâneas, o deserto ganha vida aqui, não apenas com as palmeiras inconfundíveis, mas também em uma variedade de destinos, tais como Palm Springs, Rancho Mirage, Indian Wells e outros, além da própria cidade de Palm Springs, descolada e moderna (ao estilo da metade do século 20) e com inúmeras maneiras de relaxar. Nos anos de 1950, estrelas como Frank Sinatra e Elvis Presley ergueram elegantes propriedades, jogaram golfe, comeram e beberam vinho no deserto noite afora. Hoje em dia, a região ainda se orgulha desse clima retrô, mas também conta com a energia da nova geração, com restaurantes badalados, hospedagens de luxo e lugares de compras incríveis. E, some-se a isso, há a beleza do deserto da Califórnia ao redor. 

Reserve bastante tempo para passear pela descolada Strip, a rua principal da cidade. Em primeiro lugar, você vai querer ver todas as obras de arte. Essa faixa e as ruas adjacentes, em cerca de 2 quilômetros, abrigam uma das maiores concentrações de galerias de arte no sul da Califórnia. Tão convidativas quanto minimuseus, essas galerias permitem que você se aproxime da arte, converse com proprietários e bem informados funcionários e até encontre com artistas durante inaugurações e eventos especiais. Depois, você vai querer comer algo. Talvez um filé saboroso enquanto ouve jazz (Sullivan's Steakhouse), ostras (Pacifica Seafood Restaurant) ou pizza no forno a lenha (Sammy's). E, claro, ainda tem as compras. Há um motivo para El Paseo lembrar Rodeo Drive: butiques impecavelmente decoradas de estilistas importantes, incluindo Bottega Veneta e St. John, tentando atraí-lo e fazê-lo usar seu cartão de crédito. Encontre mais lojas nos jardins do complexo El Paseo: Saks Fifth Avenue, Ann Taylor, Pottery Barn, Brooks Brothers, Tommy Bahamas e outras.

Faça as malas e prepare-se para explorar outro parque inesquecível do deserto, um pouco a leste de Palm Springs, e famoso pelas estruturas estranhamente distorcidas que pontuam sua extraordinária paisagem.

Próxima Parada
Parque Nacional Joshua Tree (79km; 47min)
Sul da Califórnia Definitivo VCW_D_DE_T3_JoshuaTrees_horiz_Farnum-1280x642
Alex Farnum

Parque Nacional Joshua Tree

6
Parque Nacional Joshua Tree
Montanhas escarpadas, pôr do sol vibrante e incontáveis estrelas

Rochas e espigões, montanhas escarpadas, ruínas de minas de ouro, planícies desérticas pontilhadas de árvores raras: este lugar é mesmo diferente. O Joshua Tree, apelidado de "J-Tree" pelos locais, está situado em um cruzamento ecológico, onde o alto Deserto de Mojave encontra o baixo Deserto do Colorado. O resultado é uma flora desértica incrível, com as diferentes árvores homônimas (na verdade, um tipo de yucca). A exuberância do Parque Nacional Joshua Tree é deslumbrante a qualquer hora, com poentes se transformando em noites estreladas.

Escolha uma manhã de céu límpido para visitar Keys View e apreciar um panorama arrebatador de dois dos maiores picos do sul da Califórnia: San Jacinto Mountain (altitude de 3.302 metros) e Gorgonio Mountain (altitude de 3.506 metros). Palm Springs e Coachella Valley servem de pano de fundo. E o enorme Salton Sea brilha no sudeste. Olhe atentamente e será possível distinguir o verde coberto de folhas do Thousand Palms Oasis Preserve, diretamente abaixo de você. Em dias mais claros, use binóculos para encontrar o Mount Signal no México, a mais de 140 quilômetros. Estique as pernas percorrendo uma pequena trilha pavimentada. Ou, se estiver com disposição e quiser sentir um pouco da paz e da tranquilidade encontradas apenas nos desertos, siga o caminho para o vizinho Inspiration Peak. Uma escapada adicional que vale a pena: como você já está quase saindo da Keys View Road, pare na trilha para Lost Horse Mine e faça uma caminhada de grau de dificuldade moderado até lá. 

Continue para o norte para um dos destinos mais inesquecíveis do mundo. Embora seu nome possa parecer assustador, o Death Valley é realmente cheio de lugares espetaculares, incluindo desfiladeiros coloridos, dunas de areia gigantes e até um castelo.

Sul da Califórnia Definitivo VCW_D_DE_T1__DE_DeathValley_Flippen_2
Death Valley by Laura Flippen

Parque Nacional Death Valley

7
Parque Nacional Death Valley
Dunas de areia gigantes, cânion colorido e várias trilhas

Maior parque nacional fora do Alasca, o Death Valley (Vale da Morte) é um lugar quase impenetrável. Com 1,34 milhão de hectares, o parque inclui dunas de areia do tamanho de montanhas, planícies de sal abaixo do nível do mar, desfiladeiros de arenito coloridos e uma notável estrutura, o Castelo de Scotty, deixado por um explorador excêntrico. Os padrões daqui são os extremos: o Death Valley é o lugar mais quente e seco na América, com temperaturas no verão chegando a 49°C e média anual de chuva de 5 centímetros. As altitudes do parque também são extremas: Badwater Basin, o ponto mais baixo do parque, localiza-se a 86 metros abaixo do nível do mar, enquanto que o Telescope Peak eleva-se a 3.368 metros. Suba rápido ou bem devagar; empolgue-se ou relaxe com lindas paisagens no deserto. O Death Valley cumpre o prometido ao nível máximo.

Cada um dos imagináveis tons de dourado, de laranja a amarelo-avermelhado e amarelo vivo são visíveis nos penhascos do Golden Canyon, cujas camadas erodidas e sobrepostas brilham ao nascer e ao pôr do sol. Escolha sua perspectiva favorita. Dirija até o Zabriskie Point e observe o cenário lá do alto. Ou veja a beleza vibrante de perto, seguindo as trilhas no Golden Canyon. Para visitantes casuais, o Zabriskie Point (fora da Highway 190) oferece uma vista impressionante de multicoloridas terras áridas a partir de uma trilha pavimentada com cerca de 90 metros.

É um dos pontos de observação mais fotografados do parque e um lugar movimentado ao pôr do sol. A caminhada no Golden Canyon começa do lado oposto (fora da Badwater Road, distante 5,6 quilômetros ao sul do centro de visitantes). É um passeio de ida e volta moderado, de cerca de 3,2 quilômetros, que pode ser ampliado para um circuito de nove quilômetros. Da área de estacionamento, a trilha se eleva levemente, passando pelas paredes de um cânion colorido, numa combinação de amarelo, bege e creme, o que demonstra a presença de diferentes minerais. Dê uns passos a mais para chegar a Red Cathedral, um penhasco grandioso e vermelho, por causa da erosão das rochas ricas em ferro.

Depois de ter passeado pelo Death Valley, continue rumo ao norte e ao oeste em direção à majestosa cadeia de Sierra Nevada. Pare em agradáveis cidades do deserto, como Lone Pine e Independence, e visite o Sítio Histórico Nacional Manzanar, para compreender um período sombrio da história da Califórnia. Em Mammoth Lakes, desfrute da hospitalidade e do que rola nessa cidade nas montanhas durante todo o ano.

Próxima Parada
Mammoth Lakes (330km; 3h30min)
Sul da Califórnia Definitivo VCW_D_HS_T4_Mammoth_skiers_Manley-sized
Mammoth by Harriot Manley

Mammoth Lakes

8
Mammoth Lakes
Invernos com muita neve, verões de flores silvestres

Cercados por alguns dos mais altos picos do oeste, os moradores desta descontraída cidade nas montanhas sabem que têm algo de muito bom ali. É a terra de quem gosta de atividades ao ar livre, que no inverno adora usar as exclusivas pistas da estação Mammoth Mountain e de outras próximas a June Lakes. Quando a neve derrete, percorre trilhas nas montanhas para pescar em límpidos riachos, fazer caminhadas e praticar mountain bike em campos de flores silvestres, e mergulha em águas termais naturais. Junte-se aos locais para tomar cerveja artesanal e ouvir música country no estilo bluegrass durante o festival Bluesapalooza no verão (geralmente realizado no fim de julho). Considerando que é uma cidade no alto das montanhas, é surpreendentemente fácil chegar a Mammoth Lakes, especialmente na temporada de esqui, quando voos diários saem dos aeroportos tanto da área de San Francisco quanto de Los Angeles.

No inverno, a natureza é generosa com Mammoth Lakes. O pico da cidade, Mammoth Mountain, recebe em média mais de nove metros de neve. Teleféricos e bondinhos seguem em funcionamento subindo a montanha por mais tempo do que em qualquer outra estação do estado. Visite a vila na base para fazer compras, ir a restaurantes e desfrutar da vida noturna. Mesmo que você não seja um esquiador, pode aproveitar o bondinho da Mammoth Mountain para ir até o topo da montanha, a 3.369 metros, e ter vistas incríveis dos picos altos ao redor. Sobram atividades de inverno: as opções vão de tours em snowcat a trilhas guiadas de snowshoeing sob a lua cheia. Escorregue na neve com as crianças. Deslize pela região selvagem em um trenó puxado por cães. Receba uma massagem pós-esqui nos resorts da área, como o Sierra Nevada Resort & Spa ou o Snowcreek Athletic Club. Termine com um jantar no confortável Lakefront Restaurant, cercado por pinheiros nevados.

Depois de Mammoth Lakes, faça uma visita de um dia ao fascinante Monumento Histórico Nacional Devils Postpile. (Observe que esse destino fecha no inverno, quando a neve bloqueia todas as estradas e as trilhas de acesso. O parque normalmente abre de junho a setembro, mas ligue antecipadamente para obter informações atualizadas sobre o acesso, já que a estação pode ser mais curta ou mais longa, dependendo da quantidade de neve.)

Siga para o norte para Mono Lake e Lee Vining e depois viaje por Tioga Pass para o Parque Nacional Yosemite. (Observação: essa rota fica normalmente fechada pela neve de novembro até o início de maio, então verifique as condições das estradas pelo site caltrans.org.)

Próxima Parada
Parque Nacional Yosemite (201km; 3h6min)
Sul da Califórnia Definitivo VCW_D_HS_T1_YosemiteValley_KG-1280x642
Kodiak Greenwood

Parque Nacional Yosemite

9
Parque Nacional Yosemite
Beleza inequecível, cachoeiras profundas

Vindo do leste, Yosemite se descortina com uma beleza de terras altas, lugar de penhascos de granito e campos alpinos. O mais conhecido deles é Tuolumne Meadows, com um cenário sem fim de trilhas bem demarcadas. Das suas margens tranquilas, as trilhas de caminhada vão em todas as direções: para os lagos montanhosos localizados abaixo das espirais dos picos Cathedral e Unicorn, para uma série de cachoeiras ruidosas no Tuolumne River. O centro de visitantes, localizado em uma cabana histórica, abriga exposições com foco em geologia, flores e a vida selvagem da área. Seguindo a oeste, você chega ao local que dá nome ao parque, o Yosemite Valley, onde ônibus circulares levam você aos principais lugares.

Primeiro parque nacional da Califórnia e considerado Patrimônio Mundial pela Unesco desde 1984, Yosemite atrai 4 milhões de visitantes todos os anos, por um bom motivo. Quase do tamanho de Rhode Island e com mais de 284.899 hectares de extensão, o parque é dotado de uma beleza natural inesquecível. Yosemite é repleto de lugares dos quais o parque pode se orgulhar. Mas as cachoeiras merecem uma menção especial. Entre as 20 maiores cachoeiras do mundo, o Yosemite Valley emplaca três na lista: Yosemite Falls, Sentinel Fall e Ribbon Fall. Yosemite Falls detém o incontestável título de maior cachoeira da América do Norte. É desafiador chegar ao topo dos 729 metros da queda. Felizmente, mesmo a vista a partir da base é impressionante: um circuito simples de 1,6 quilômetro e com cenários deslumbrantes é visita obrigatória para todos. Uma caminhada fácil de 189 metros em Bridalveil Falls o leva a um ponto de observação abaixo da cascata. Um trajeto puxado até Vernal e Nevada Falls subindo em degraus de granito leva até a beira de dois declives enormes, onde você pode ver o Merced River inteiro mergulhar na cordilheira rochosa. (Obedeça a todas as recomendações de segurança e fique atrás das cordas e das sinalizações).

De Yosemite, continue para o sul no lado oeste da Sierra, seguindo por estradas que mergulham no fértil Vale Central, para sua última parada em parques-irmãos que protegem as maiores criaturas vivas do mundo e um desfiladeiro alpino selvagem e escarpado.

Próxima Parada
Sequoia/Kings Canyon (224km; 2h32min)
Sul da Califórnia Definitivo KingsCanyonNationalPark_TomHilton_1280x642
Tom Hilton/Flickr

Parques Nacionais Sequoia e Kings Canyon

10
Parques Nacionais Sequoia e Kings Canyon
Canyons profundos, rios fortes

Famoso pelas sequoias gigantes, pelas montanhas altas, por profundos cânions e por rios barulhentos, este conjunto de parques oferece muito para se ver, ainda que seja menos conhecido que Yosemite, 120 quilômetros ao norte. Nos limites do parque nacional está o lado oeste do Mount Whitney, o ponto continental mais alto dos Estados Unidos, a 4.417 metros, e o Kings River Canyon, um dos cânions mais profundos da América do Norte. Ainda assim, os parques, assim como o adjacente Monumento Nacional à Sequoia Gigante e as regiões da floresta nacional, são mais venerados por suas enormes sequoias. Graças à General Sherman Tree, a maior árvore viva do mundo, e suas vizinhas gigantes, observar com admiração as grandes árvores é a atividade mais popular por aqui. Com 31 metros de diâmetro, a General Sherman Tree alcança 84 metros no céu azul de Sierra. E ainda está crescendo. A cada ano, ela aumenta de tamanho o suficiente para fazer outra árvore de 18 metros. Ainda não consegue imaginar a altura dela? Um galho dessa árvore é tão grande — quase 2 metros de diâmetro — que é mais largo que a maioria das árvores ao leste do Rio Mississippi. 

Portanto, não é surpreendente que a General Sherman atraia uma multidão. Por isso, o parque oferece ônibus gratuitos no verão para dois pontos separados, um acima e outro abaixo desta árvore incrível. Muitos visitantes desembarcam no ponto mais alto e descem a pé para o ponto mais baixo, passando pela General Sherman ao longo do caminho. É o suficiente para uma viagem rápida, mas há muito mais para ver. Fique ainda bem impressionado com as sequoias ao caminhar pela adjacente Congress Trail, um circuito de 3 quilômetros, que passa por dezenas de sequoias com diâmetros do tamanho da sua sala de estar. Os bosques House e Senate, mais dois grupos de sequoias perto do fim da trilha do circuito, são os mais impressionantes, mas outro destaque é a Washington Tree, que foi considerada por muito tempo a segunda maior árvore do mundo.

A neve do inverno limita significativamente o acesso aos parques; verifique o site antecipadamente para ver detalhes. 

Para voltar a Los Angeles, siga para o sul por aproximadamente 3,5 horas. San Francisco está a aproximadamente 4 horas a noroeste.