Um Giro pela Baía de San Francisco VCW_TI_5_Hero_Baybridge-IMG_5424b copy-sized

Trip 3-5 dias 10 stops

Um Giro pela Baía de San Francisco

Este giro apresenta o melhor da área da baía, uma região diversificada, dinâmica e bonita, com cidades animadas, vinícolas premiadas e maravilhas naturais notáveis. Comece na entrada de San Francisco, uma das cidades mais bonitas do mundo, e siga para o norte pela Ponte Golden Gate. Explore parques litorâneos antes de ir em direção ao nordeste, até as regiões vinícolas de Napa e Sonoma. Continue contornando a baía para visitar o Six Flags Discovery Kingdom, com brinquedos e animais exóticos, e depois a cidade de Oakland, em East Bay, um lugar de restaurantes excelentes. Dirija para o sul até San Jose e o tecnológico Vale do Silício, onde ficam as sedes da Google e da Apple. Depois, siga para o litoral para mais diversão family-friendly, em Santa Cruz. Termine em San Francisco, para compras, gastronomia, vida noturna e outros atrativos urbanos.

Um Giro pela Baía de San Francisco SF_GoldenGate_1280x642

Ponte Golden Gate

1
Ponte Golden Gate
Veja um dos monumentos mais famosos do mundo na elegante Baía de San Francisco

Comece sua viagem com a visita a um dos espaços abertos mais icônicos do mundo. Com suas torres que chegam a 227 metros de altura, sua extensão formando um arco sobre a foz da Baía de San Francisco e sua pintura vermelha, a Ponte Golden Gate é um atração incrível e um excelente jeito de começar uma viagem na região.

Se você está se perguntando sobre o porquê de uma ponte chamada Golden Gate (Portão Dourado em inglês) ser na verdade vermelha, aqui está o motivo: diz-se que a foz da Baía de San Francisco, o estreito vão que a ponte cruza, foi nomeado Chrysopylae (palavra grega para Portão Dourado) por um dos seus primeiros exploradores, John C. Fremont. (O Capitão Fremont pensou que se parecia com um estreito em Istambul chamado Chrysoceras, ou Chifre Dourado). Logo, faz sentido que a ponte tenha o nome da extensão de água que atravessa. Mas e aquela cor vermelha? Podemos chamar de uma surpresa inesperada. Quando o aço para a ponte foi instalado pela primeira vez, ele só estava coberto com um fundo de vermelho. Um engenheiro consultor gostou da cor, sugeriu que fosse mantida e ajudou a desenvolver a cor da pintura final da ponte.

Ainda que você possa simplesmente dirigir para o norte pela ponte, é muito mais divertido andar por ela (ainda que em apenas um pedaço de sua extensão). Observe que pode fazer um pouco de frio e ventar em cima da ponte, especialmente quando os nevoeiros aparecem (sçao comuns no verão), então vista-se com várias camadas de roupa e traga um chapéu ou coloque um capuz para manter a cabeça aquecida. Pedalar sobre a ponte é outra opção para se divertir. Existem várias empresas de aluguel de bike (duas das favoritas são Blazing Saddles e San Francisco Bicycle Rentals). A maioria das bicicletas inclui mapas de rotas detalhados, mostrando onde pedalar a partir de San Francisco, atravessando a ponte, para cidades paradisíacas, como Sausalito e Tiburon, no vizinho Marin County. (Para diversão extra, tome um ferry para voltar para a cidade.) De volta à ponte, há uma simpática loja de presentes e um café no extremo sul (da cidade), e há trajetos que o permitem relaxar no histórico Fort Point, concluído em 1861 como um posto militar para proteger o portão antes da construção da ponte. Olhe para cima para ter uma vista deslumbrante da parte inferior da ponte, uma espetacular rede de vigas maciças, enormes colunas e cabos impressionantes.

Agora é hora de entrar no carro e ir para o norte rumo ao Marin County e ao bosque mais próximo das sequoias costeiras, no Monumento Nacional Muir Woods.

Próxima Parada
Muir Woods National Monument (18km; 21min)
Um Giro pela Baía de San Francisco VCW_D_T3_MUWO_140510_LRu_08_ copy
Lenny Rush/NPS

Monumento Nacional Muir Woods

2
Monumento Nacional Muir Woods
Atravesse a ponte Golden Gate e vá para a terra dos gigantes

Escondido em uma curva do Mount Tamalpais, de frente para o mar, em Marin County, o Monumento Nacional Muir Woods protege as antigas sequoias que sobreviveram ao corte na área da Baía de San Francisco, onde madeireiros desmataram quase que completamente a região até o final do século 19.

Estabelecido originalmente como um marco nacional em 1908 pelo presidente Theodore Roosevelt, o lugar recebeu seu nome em homenagem ao respeitado naturalista John Muir, que declarou que o lugar era "o melhor marco para amantes de árvores de todas as florestas do mundo". Mesmo em dias agitados, no verão, há uma calma impressionante aqui, especialmente se você chegar de manhã cedo. Siga por calçadões elevados, construídos para proteger a estrutura sensível das raízes das sequoias, e veja as sequoias retas — algumas com mais de um século de idade — alcançarem 76 metros de altura. Para uma experiência inesquecível, confira atividades do parque como uma caminhada guiada ao anoitecer.

Lembre-se de que a estrada para o parque é tortuosa e estreita, e as vagas de estacionamento normalmente lotam cedo no verão e nos fins de semana (perca a referência da sua vaga e você pode acabar fazendo uma longa caminhada até seu carro). A melhor aposta é pegar o transporte público de Muir Woods (de março até outubro), perto de Sausalito, ou reservar um passeio com um serviço de transporte local ou agência de turismo.

Para seguir para San Francisco, dirija cerca de 22 quilômetros para o sul e cruze a Ponte Golden Gate.

Um Giro pela Baía de San Francisco PointReyes_Lighthouse_1280x642
Anita Ritenour/Flickr

Costa Nacional Point Reyes

3
Costa Nacional Point Reyes
Aqui você parece estar no mar

Siga a costa — além da ampla Stinson Beach e da brilhante Bolinas Lagoon (um excelente lugar para andar de caiaque e observar pássaros) — até esta extraordinária península. Projetando-se por dezenas de quilômetros em meio ao mar, essa península está repleta de descobertas surpreendentes, incluindo vida selvagem notável, densas florestas, penhascos marcantes e praias remotas.

Não importa a época do ano de sua visita, sempre há algo extraordinário para ver e fazer. No inverno, viaje ao ponto extremo (fica a poucos quilômetros de carro) para observar a migração de baleias-cinzentas incrivelmente próximas. (Ajuda quando você está na rota em que elas costumam nadar). Na primavera, percorra a trilha até Chimney Rock para ver incontáveis flores selvagens (procure papagaios-do-mar fazendo seus ninhos no penhasco de frente para o mar) ou siga a trilha em ambos os lados por uma rara floresta de pinheiros Bishop (Pinus muricata). No verão, veja a fria névoa surgir e, então, tome uma xícara de chocolate quente na aconchegante vila de Point Reyes Station. E, no outono, ouça o estranho som dos alces machos; geralmente é possível ver indivíduos ou pequenos grupos desses alces nativos na área de preservação Tomales Point, no extremo do parque.

Para se orientar, pare no excelente Bear Valley Nature Center, com displays apropriados para crianças, mapas e prestativos guardas-florestais. Relativamente plana e própria para caminhar, Bear Valley Trail é uma conhecida trilha para esticar as pernas ou pedalar.

Sua viagem pela estrada agora segue para o interior do estado, para explorar algumas das melhores regiões vinícolas do mundo.

Um Giro pela Baía de San Francisco VCW_D_NapaSonoma_Hero__NCA3429_1280x642
Tai Power Seeff

Napa e Sonoma

4
Napa e Sonoma
Experiência luxuosa e única no mundo do vinho

Virando para o leste, você deixa o traço marcante e a vida selvagem da costa para explorar estas duas importantes regiões vinícolas, com colinas suaves e vales planos onde se cultivam algumas das uvas mais cobiçadas do mundo. Há literalmente centenas de vinícolas e salas de degustação aqui — em uma área que tem de castelos a celeiros reformados. Tours, eventos especiais e festas de lançamento de vinhos preenchem o calendário durante o ano todo. 

Sonoma é a região mais ocidental e tende a ter um clima mais íntimo, especialmente conforme você se desloca para o norte, em direção às florestas de sequoias e ao terreno escarpado ao redor do Russian River. Um excelente lugar para se orientar é Healdsburg, uma graça de lugar, que se transformou de uma cidadezinha simplória de interior em um destino de primeira classe. Para começar, há a praça perfeita da cidade, cercada por salas de degustação com pessoas bonitas, butiques com ofertas tentadoras em todo canto e restaurantes requintados brilhando no entardecer. Produtos cultivados localmente são o centro das atenções aqui. O farmers' market, mercado de produtores realizado duas vezes por semana (de junho a outubro), é um exemplo de frutas e vegetais frescos, locais e cultivados de forma sustentável. Pare no Healdsburg Shed, ponto com artigos para cozinha, livros de receitas e ferramentas para jardinagem com uma curadoria especializada. Pegue um queijo artesanal e um pão crocante fresco na tentadora Oakville Grocery e faça um lanche improvisado na praça. Termine o dia com uma refeição decente, como biscoitos de bacon, Hamachi cru e pasta com tinta de lula no Chalkboard.

Se você gosta de estradas rurais sinuosas, vai amar a Oakville Grade, que serpenteia Mayacamas Mountains, entre Sonoma e Napa Valley. Aqui você passará para algumas das vinícolas mais celebradas do mundo, uma região de grandes propriedades, salas de degustação caras, cidades pitorescas e pousadas elegantes, muitas localizadas na famosa Silverado Trail. 

Aqui fica o melhor do melhor: uma estrada rural ladeada por carvalhos e com vinhos de primeira classe, com tantas vinícolas que se pode viajar por uma semana inteira e não visitar todas. Ligando a cidade de Napa a Calistoga, em cerca de 48 quilômetros rumo ao sul, a Silverado Trail é uma estrada rural, em contrapartida à agitada Highway 29, que segue quase em paralelo a esse caminho. Dirija, ou ainda melhor, alugue uma bicicleta e pedale, ao longo dessa rota cênica e tranquila, espremida entre as colinas no leste do vale.

O maior desafio é descobrir onde parar primeiro. Vinícolas de prestígio com endereço na Silverado Trail incluem Joseph Phelps, ZD Wines e Miner Family Winery, apenas três das dezenas de lugares maravilhosos para provar o famoso Cabernet Sauvignon e outros tintos encorpados do Napa Valley. As pousadas elegantes incluem a Auberge du Soleil e a Solage Calistoga. Para ver um dos lugares mais bonitos de toda a região, siga pela longa e ensolarada área bem-cuidada de Meadowood Napa Valley para um almoço fresco no The Grill ou, caso queira ostentar, jante no The Restaurant, em Meadowood, com três estrelas no Guia Michelin.

De Napa, continue para o sul, contornando o lado leste da Baía de San Francisco até um parque de diversões de frente para a baía.

Um Giro pela Baía de San Francisco VCW_TI_5_T5_Drench_2-1280x642
Cortesia de Six Flags Discovery Kingdom

Six Flags Discovery Kingdom

5
Six Flags Discovery Kingdom
Montanhas-russas gigantes e animais exóticos

Não há segredo sobre o que é a atração mais popular da cidade de Vallejo, na parte leste da baía. Antes mesmo de estacionar seu carro, você verá os gigantes loops, as espirais e as rampas brancas da montanha-russa, que são a marca registrada do parque, e brinquedos radiciais como o Superman Ultimate Flight e o Tsunami Soaker. Tome sua injeção de adrenalina e depois se recolha na tranquila beleza do Butterfly Habitat. Quando sua pressão tiver voltado ao normal, assista a espetáculos de entretenimentos de golfinhos e leões-marinhos, veja leões africanos, tigres de Bengala e siberianos e leões da montanha em ambientes naturais, ande de elefante ou alimente uma girafa.

Para algo mais calmo com a garotada, deixe que eles explorem a Acme Fun Factory, uma casa de diversões de dois andares. Também há uma área de diversões aquáticas exclusiva para crianças menores, além de brinquedos e atividades próprias para os pequenos. Para você, considere as experiências de luxo, por exemplo, descobrir como Flipper se sente de fato, em uma interação especial com golfinhos.

A seguir, faça uma viagem à moderna Oakland, com comida, compras e arte excelentes.

Próxima Parada
Oakland (45km; 35min)
Um Giro pela Baía de San Francisco VCW_D_SF_T5_20140711_Oakland Museum_451-1280x642
Tai Power Seeff

Oakland

6
Oakland
Ousada, artística, diferente

Chamada de Brooklyn de San Francisco e cidade-irmã da vizinha, fica no lado oposto da baía, na região de East Bay. Passou pelas mesmas reviravoltas históricas, tem lindas vistas e apresenta uma crescente cena enogastrômica, como o distrito de Nova York. Eclética, dinâmica, artística e ousada, Oakland o convida a acrescentar um toque colorido às suas aventuras na área da Baía. Atraídos não só pela energia, mas pelos baixos aluguéis da cidade, jovens se mudaram para lofts e condomínios no centro e, com eles, vieram bares, cafés, galerias e baladas. Os custos baixos em East Bay também atraíram chefs, tanto grandes nomes quanto novatos em destaque na área, a abrir restaurantes aqui, em ambientes que variam do chamativo art déco (Flora) ao moderno descolado e elegante (Plum). 

Localizada na ponta da Baía de San Francisco, a convidativa Jack London Square combina diversão ao ar livre com ambientes fechados. A praça leva o nome do intrépido aventureiro, autor de O Chamado Selvagem e O lobo do mar, um livro supostamente inspirado por histórias contadas pelos rabugentos que frequentavam o lendário, e ainda aberto, Heinhold’s First and Last Chance Saloon. Perto da entrada inclinada para o histórico poço d'água, a parede sustenta um relógio que não é ajustado desde 18 de abril de 1906  momento em que um grande terremoto atingiu a região da Baía e sacudiu tanto o prédio que o relógio parou. O tempo pode ter sido interrompido, mas não o serviço. E entrar neste abrigo de madeira é quase uma viagem ao passado: lâmpadas de gás do século 19 brilham a cada anoitecer, e enfeitam o ambiente fotos e memorabilia da Segunda Guerra Mundial, além de uma pequena foto do jovem London em uma das mesas do salão. Sente-se e fale com quem estiver do seu lado no bar. Nunca se sabe que histórias vai ouvir!

Mas deixe para visitar esse bar histórico mais para o fim da tarde. Quando o sol estiver brilhando, ande de caiaque no Oakland Estuary, estuário localizado ao lado, especialmente movimentado durante a migração das aves no outono. Você também tem bons ângulos dos guindastes usados para carregar os navios nas docas, estranhamente parecidos com criaturas. Uma lenda urbana conta que os guindastes inspiraram George Lucas a criar os sinistros AT-AT Walkers em Guerra nas Estrelas. História verdadeira ou não, os guindastes lembram os assustadores tanques de quatro pernas do filme.

De Oakland, siga pela baía para a terceira maior cidade da Califórnia.

Mais ideias
Próxima Parada
San Jose (66km; 46min)
Um Giro pela Baía de San Francisco VCW_D_Sjose_Hero_TerminalB_1280x642
Cortesia de San Jose International Airport

San Jose

7
San Jose
Conhecimento tecnológico e ambiente internacional

Nunca essa metrópole, a terceira maior cidade da Califórnia, brilhou tanto. Centro do florescente e amplamente tecnológico Vale do Silício, San Jose está cheia de atrativos que valem a pena, como o superinterativo The Tech Museum e o iluminado e arejado San Jose Museum of Art. O De Anza Hotel é uma joia art déco, enquanto o SAP Center, que atrai artistas renomados e é a casa do time de hóquei San Jose Sharks, é um moderno palácio envidraçado.

 

Claro que havia vida antes dos chips de silício. Conheça a riqueza agrícola e as raízes étnicas impressionantes dessa área no History San Jose, centro de preservação da herança cultural local, situado no sudeste da cidade.

Muito da mágica da era moderna ocorre de forma invisível e em escala nano, mas The Tech Museum of Innovation, ou simplesmente The Tech, no centro de San Jose faz um excelente trabalho em criar um laboratório divertido e uma experiência de aprendizado para pessoas curiosas de todas as idades. Mergulhe em exibições interativas, que mostram o poder da tecnologia, de robôs a energias alternativas, passando pela divisão do gene. Observe borboletas virtuais pousarem no seu braço e deixe as crianças brincarem com extraordinários videogames. Provavelmente você também vai querer brincar. Outro destaque é a Silicon Valley Innovation Gallery, mostrando as máquinas que revolucionam o pensamento, a criatividade e a comunicação humanos. O homem não vive só de bits e bytes, então relaxe no café. Veja objetos tecnológicos e científicos na loja de presentes (especialmente bons para festas de fim de ano e aniversários). 

Para a experiência de compras mais luxuosa da cidade, visite o Santana Row, um sofisticado shopping center a céu aberto, mistura entre o estilo relaxado da Califórnia e uma vila europeia requintada. É o tipo de lugar onde você pode facilmente ficar perambulando por horas e sentar-se em um banco para ver suas compras enquanto morde croissants frescos da Cocola. E, como uma extravagância final no Vale do Silício, por que não projetar seu próprio carro elétrico de luxo sob medida na loja Tesla?

Seu próximo destino é um mergulho mais profundo nas cidades e nos campi tecnológicos do Vale do Silício.

 

Próxima Parada
Vale do Silício (24km; 19 min)
Um Giro pela Baía de San Francisco VCW_D_SiliconValley_Hero_20140708_Google_19 copy-1280x642_0
Tai Power Seeff

Vale do Silício

8
Vale do Silício
Se você não acredita, dá um Google

Bem-vindos ao centro de inteligência em tecnologia da Califórnia. Ao redor da extremidade sul da Baía de San Francisco, a comunidade de empresas de Silicon Valley representa o coração e a alma da tecnologia de computadores, incluindo o desenvolvimento de chips de silício, de design de computadores, de aplicativos, produtos da Apple e smartphones. Algumas corporações são tão grandes e tão influentes, que seus nomes se tornaram parte de nosso vocabulário (se você não acredita, pesquise no Google). Caminhe ou ande de bicicleta por uma trilha e fique sabendo por acaso sobre o surgimento de uma nova grande ideia. Visite um museu cheio de possibilidades em torno da tecnologia. E divirta-se com as riquezas de uma economia em crescimento, com casas de espetáculo, compras de alta qualidade e restaurantes estrelados.

Empresas como Facebook e Google não oferecem visitas formais, mas ao redor do Googleplex, sede da empresa em Mountain View, você pode se deparar com os “Googlers,” jovens empregados falando de modo inquieto, tuitando e andado com bicicletas próprias da Google a caminho de mudar o mundo. Siga para o lado leste da sede, ao longo da ciclovia pavimentada, para ver campos esportivos bem cuidados de uso exclusivo dos funcionários. O que você não pode visitar (mas gostaria) são os sofisticados restaurantes que servem comida de graça, os massagistas, a creche e as diversas áreas para tirar uns cochilos, a sede utópica de uma corporação às margens da Baía de San Francisco.

Imediatamente ao sul de Cupertino, escolha entre camisetas com logos, bonés de beisebol e canecas na sede de outra instituição lendária, a Apple, na One Infinite Way.

Ao norte de Menlo Park, as instalações do Facebook continuam se expandindo. Também são fechadas aos visitantes, mas o símbolo da fachada — o icônico polegar para cima em sinal de "curtir" na cor azul bebê — se tornou um cenário muito popular para selfies. Você pode fazer isso também: simplesmente pare o carro, sorria, clique e poste.

E então veja o prédio modesto onde tudo começou: o abrigo/garagem no número 367 da Addison Avenue, em Palo Alto, onde, em 1939, Bill Hewlett e Dave Packard estabeleceram uma sociedade que se tornaria a locomotiva tecnológica global conhecida por HP.

Depois de ter se abastecido com a genialidade tecnológica, siga para o sul (exatamente como fazem os moradores locais nos fins de semana) rumo à cidade litorânea de Santa Cruz, mais conhecida por sua larga praia e pelo parque de diversões à beira-mar.

Próxima Parada
Santa Cruz (61km; 45min)
Um Giro pela Baía de San Francisco VCW_D_SantaCruz_T2__SantaCruzBeach_Seeff copy_1280x642
Tai Power Seeff

Santa Cruz

9
Santa Cruz
Surf's up at NorCal's friendly beach getaway

Siga pela Highway 17 para o sul, pelas escarpadas montanhas de Santa Cruz, em direção ao litoral, onde você pode relaxar e se divertir nesta cidade de praia super agradável. Santa Cruz, definitivamente, tem dupla personalidade. E ambas são bacanas. A primeira tem diversão em família no calçadão de Santa Cruz Beach, cercado por montanhas-russas clássicas, jogos eletrônicos, um carrossel histórico e corn dogs — tipo de cachorro-quente no palito empanado por massa de milho. Além disso, há o centro de Santa Cruz, onde os universitários procuram restaurantes vintages, boêmios e descontraídos com foco em ingredientes locais e orgânicos. 

Mas, em sua essência, Santa Cruz é uma cidade de surfe. Foi aqui que o esporte foi originalmente introduzido na Califórnia, e os melhores surfistas sabem que Steamer Lane é o lugar para marcar presença. Precisa de mais provas? Próximo ao local mora o lendário surfista Jack O'Neill, um dos pioneiros do esporte no Golden State.

Praia ampla e ondas incríveis sempre são convidativas; adicione um calçadão animado com passeios, jogos e música. Como você conseguiria recusar? Poucas pessoas recusariam. Percorrer este popular calçadão à beira mar é um ritual de verão para inúmeras famílias californianas, um jeito sensacional para relaxar e se divertir, bem ao espírito de seus moradores. Embora haja inúmeras atrações ao longo do calçadão, a grande estrela é a Giant Dipper, uma robusta montanha-russa de madeira, inaugurada em 1924, e que há décadas provoca gritos, berros e olhos bem fechados. Hoje em dia, não é a única atração emocionante na cidade; o calçadão ainda conta com a Double Shot, torre com 38 metros de altura, para os amantes de adrenalina. Para atrações mais calmas, dê uma volta no Looff, o cuidadosamente renovado carrossel de 1911 (sim, é pelo de cavalo de verdade na cauda do seu corcel pintado).

Sua viagem de carro termina de volta em San Francisco, que você pode explorar a pé, de bicicleta ou a bordo de um bonde.

Mais ideias
Próxima Parada
San Francisco (117km; 1h20min)
Um Giro pela Baía de San Francisco VC_Hero_Manley -1280x642
Harriot Manley/Sunset Publishing

San Francisco

10
San Francisco
Baía efervescente, cidade mágica

Ela pode ter menos de 130 quilômetros quadrados, mas San Francisco é uma das cidades mais incríveis do mundo. Famosa pelas casinhas em estilo vitoriano, clássicos bondes, diversidade dinâmica, uma linda orla e uma ponte elevada em vermelho, a City by the Bay (como é conhecida em inglês) é o lugar perfeito para começar qualquer aventura.

Para explorar a cidade de um jeito novo, estacione seu carro e ande a pé, de bicicleta ou use o transporte público sem igual. Pedale uma bicicleta pela ponte Golden Gate e então explore o deslumbrante Presidio — uma ex-base militar que agora é um parque — ou siga para o Golden Gate Park, para visitar museus e remar por uma preciosidade secreta, o Stow Lake. Continue pelo calçadão da região de Embarcadero até Fisherman’s Wharf e o museu de ciência Exploratorium.

Devolva suas bicicletas, tome um bonde para subir a colina e encontrar lojas sofisticadas e as enormes Macy’s, NikeTown, Saks Fifth Avenue e Neiman Marcus ao redor da agitada Union Square, com uma parada bem na praça para doces italianos e um cappuccino no Emporio Rulli. Próximo daí, passeie pela Maiden Lane, com butiques dos dois lados e aberta apenas para pedestres durante o dia, quando cafés colocam mesas e cadeias no meio da rua. Perto, o vibrante complexo Westfield Mall — localizado na antes decadente, hoje revigorada Market Street — brilha com mais lojas, incluindo uma praça de alimentação de luxo no nível inferior. À noite, assista a um espetáculo no distrito teatral ou siga para North Beach para ver o Beach Blanket Babylon, espetáculo irreverente e grandioso de San Francisco. Para mais vida noturna e opções de jantar, passeie pela Valencia Street, no distrito de Mission, um polo eclético e moderno de restaurantes, bares e fantásticos sorvetes no fim da noite no Bi-Rite Ice Cream.

Da área da baía, siga pelo Vale Central para subir a Sierra, lar do primeiro parque nacional da Califórnia, Yosemite. Você pode chegar ao parque por diversas rotas, passando por atraentes cidades da Região do Ouro, como Oakhurst e Mariposa, e a histórica cidade de Groveland.

Próxima Parada
Yosemite National Park (266km; 3h6min)